Seguir o O MINHO

Famalicão

Assembleia Municipal aprova moção do BE de apoio aos trabalhadores da Ricón

em

O Bloco de Esquerda de Famalicão apresentou, na Assembleia Municipal, uma moção de apoio aos trabalhadores do grupo Ricon, que foi aprovada por unanimidade. “O grupo Têxtil Ricon, com fábricas em Ribeirão e em Fradelos, no município, encontra-se em processo de insolvência e alegadamente em difícil situação económica e financeira e com necessidade de recurso ao processo judicial de insolvência”, diz o Bloco.

A moção salienta que se trata de “um dos maiores grupos têxteis portugueses, com cerca de 800 trabalhadores, proprietário das lojas Gant em Portugal e de outras empresas como a Nevag, a Fielcone, a Delos, a Delcon e a Ricon Serviços, que trabalham em regime de subcontratação para marcas internacionais”.

“A situação tem vindo a preocupar os trabalhadores, tendo em conta que um eventual encerramento da empresa despoletaria uma crise social e económica de grande dimensão no concelho e na região, certamente com repercussão nacional, mas desde logo para muitas famílias famalicenses que seriam afetadas pelo desemprego”, assinala.

A moção manifesta solidariedade aos trabalhadores, “na defesa dos seus postos de trabalhos, e contra o encerramento da empresa”.

Solicita, ainda, à Camara Municipal que “utilize a sua influência junto das entidades competentes, governo e administração do grupo Ricon, bem como junto dos credores, para que estes tudo façam no sentido de evitar o encerramento das empresas”.

EM FOCO

Populares