Seguir o O MINHO

Desporto

Campeões europeus de atletismo aplaudidos de pé na Assembleia da República

Atletismo

em

Foto: Federação de Atletismo

Os atletas Auriol Dongmo, Pedro Pichardo e Patrícia Mamona foram esta quarta-feira congratulados e aplaudidos na Assembleia da República face à prestação no 36.º Campeonato da Europa de Pista Coberta, que se realizou no início de março, em Tórun, Itália.

Os novos campeões europeus assistiram à votação na sessão plenária onde foi sublinhado “o contributo destes atletas para o segundo lugar no quadro de medalhas, naquela que foi a melhor participação portuguesa de sempre nesta competição”, escreve a Federação Portuguesa de Atletismo.

Foi também salientada a prestação dos demais atletas, técnicos e dirigentes federativos.

O projeto de resolução foi aprovado por unanimidade, com aplausos de pé por parte de todos os deputados, que se dirigiram aos atletas, presentes na galeria.

Ferro Rodrigues, presidente da Assembleia da República, já havia felicitado os atletas e a Federação Portuguesa de Atletismo nas redes sociais.

“Em meu nome e em nome da Assembleia da República, quero manifestar o contentamento pelos êxitos da participação portuguesa no Campeonato Europeu de Atletismo em Pista Coberta, que decorre em Torún, na Polónia, e, em especial, felicitar pelas medalhas de ouro obtidas por Auriol Dongmo, na prova de lançamento do peso, e Patrícia Mamona e Pedro Pablo Pichardo, no triplo salto. Felicito também a Federação Portuguesa de Atletismo pelo esforço que, nas últimas décadas, tem vindo a ser feito, em especial na alta competição”, escreveu.

Também o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na página da Presidência havia felicitado os campeões europeus e a FPA:.

“O Presidente da República felicita os atletas medalhados, mas também todos os atletas que representaram Portugal e deixa uma palavra especial de reconhecimento aos treinadores, às estruturas técnicas, às famílias dos atletas, aos clubes e à Federação Portuguesa de Atletismo. São uma parte menos visível, mas muito importante para os resultados alcançados”, escreveu.

Auriol Dongmo, na sua primeira internacionalização a representar Portugal, conquistou o ouro com um lançamento de peso acima dos 19 metros.

Pedro Pichardo, com um triplo salto de 17,30 metros, também conquistou o ouro, assim como Patrícia Mamona, também no triplo salto, bateu o record nacional de pista coberta, conquistou o primeiro lugar e a terceira medalha de ouro para Portugal.

EM FOCO

Populares