Seguir o O MINHO

Ave

As missas na paróquia de Fafe agora são por marcação

Covid-19

em

Párocos José António Carneiro e Vítor Araújo. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Na paróquia de Santa Eulália de Fafe as missas passaram a ser por marcação. Através da internet ou telefone, os fiéis podem escolher em que igreja e horário querem participar na celebração da eucaristia e reservar o seu lugar, sabendo de antemão que, assim, estarão asseguradas as medidas de contenção da covid-19, designadamente o distanciamento social.


A medida foi implementada pelos párocos locais, José António Carneiro e Vítor Araújo, no sentido de respeitar as orientações das autoridades eclesiásticas e governamentais.

“Para garantir que as pessoas na igreja estão a dois metros de distância umas das outras, tivemos que estabelecer uma lotação máxima e, para a fazer cumprir, como se trata de uma paróquia grande, que tem muitas igrejas e muita gente a vir à eucaristia, optámos por fazer neste molde, pedindo às pessoas que previamente se inscrevam. Até para que, com isso, não façam viagens em vão, não cheguem à porta da igreja e tenhamos de lhes dizer que têm que ir embora porque já está cheia”, explica a O MINHO o padre José António Carneiro.

Párocos José António Carneiro e Vítor Araújo. Foto: Ivo Borges / O MINHO

A paróquia de Santa Eulália de Fafe tem três igrejas paroquiais e cinco capelas. “Estamos a falar de oito locais de culto”, aponta José António Carneiro. “A freguesia de Fafe, à qual a paróquia corresponde, tem à volta de 19 mil habitantes. Estamos a falar da segunda maior freguesia do distrito de Braga a nível de população e, portanto, nessa proporção, só atrás de S. Vítor, em Braga”, reforça o sacerdote.

Com seis missas ao domingo, que por regra estavam cheias, seriam “entre 1.700 a 1.800 pessoas a ir ao domingo à missa na paróquia de Fafe”, nota José António Carneiro, completando: “Temos que reduzir isto mais ou menos para um terço das pessoas”.

Igreja da Paróquia de Santa Eulália de Fafe. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Por outro lado, as missas à semana nas capelas, uma vez que são pouco concorridas, dispensam inscrição prévia.

A questão que se coloca para adoção desta medida é, precisamente, o número elevado de fiéis, dado que na paróquia de Fornelos, pela qual são responsáveis os mesmos dois párocos, foi “encontrada outra maneira de responder a essa questão”.

“Como é uma paróquia mais pequena, só há uma igreja, com uma missa ao sábado e ao domingo, conseguiremos fazer a gestão, dentro e fora dela, sem que as pessoas tenham que fazer pré-inscrição. Vamos garantir todas as medidas de segurança”, garante José António Carneiro.

Missas serão retomadas com medidas de segurança. Foto: Ivo Borges / O MINHO

“Queremos que, dentro das igrejas, as pessoas estejam em segurança e com a consciência em paz de que tudo está a ser feito da nossa parte, para que nenhuma igreja se venha a transformar numa fonte de contágio”, destaca.

Marcação pela internet ou telefone

Para reservar o seu lugar na missa, os paroquianos podem preencher um formulário online ou contactar a paróquia por telefone. “No site da paróquia, a cada segunda-feira, é lançado um conjunto de links com um formulário do Google a que as pessoas acedem e fazem o preenchimento. Esse formulário, no final, diz se a pessoa vai ter lugar ou não. Se já estiver esgotada a lotação da igreja o formulário não finaliza. O formulário é muito simples e intuitivo: pede um nome, um contacto e escolher a missa”, explica o pároco.

Paróquia de Santa Eulália de Fafe. Foto: Ivo Borges / O MINHO

Os números de telefone e os horários em que é possível fazer marcações por este método estão também disponíveis no site da Paróquia de Fafe. “Temos um conjunto alargado de números de telefone que, em certos horários, estão disponíveis para receber a inscrição. Os jovens da paróquia vão receber a inscrição e inseri-la no formulário do Google que é onde fazemos toda a gestão”, refere o pároco, realçando que a iniciativa, que começou segunda-feira, uma vez que as missas com participação de pessoas iniciam no sábado, está a ser bem recebida pelos paroquianos.

As missas terão que respeitar distanciamento social. Foto: Ivo Borges / O MINHO

“A receptividade que temos tido é positiva. Por um lado, porque as pessoas estão a inscrever-se na internet e a telefonar; por outro, as pessoas quando nos encontram, ou até no Facebook, vão deixando ecos positivos da medida, que só tem como finalidade proteger as pessoas que vêm à igreja”, conclui José António Carneiro.

Fafe tem 121 casos confirmados de covid-19, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia divulgado hoje.

Portugal contabiliza 1.369 mortos associados à covid-19 em 31.596 casos confirmados de infeção.

Relativamente ao dia anterior, há mais 13 mortos (+1%) e mais 304 casos de infeção (+1%).

O número de pessoas hospitalizadas subiu de 510 para 512, das quais 65 se encontram em unidades de cuidados intensivos (menos uma).

O número de doentes recuperados é de 18.637.

Anúncio

Guimarães

Câmara de Guimarães entrega habitação social partilhada

Solidariedade

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Coordenação de Âmbito Social e Financeiro das Habitações do Município de Guimarães (CASFIG) procedeu à entrega de uma habitação social partilhada, iniciativa que beneficia famílias unipessoais, refere um comunicado camarário divulgado hoje.

Em causa está uma residência partilhada, um projeto que segue o modelo de distribuição espacial permitindo a ocupação individual da habitação, de modo totalmente independente, com quarto, casa de banho e cozinha.

“Reconhecendo a importância desta modalidade alternativa ao alojamento convencional, a CASFIG tem vindo ao longo dos anos a aperfeiçoar o seu modelo de implementação e funcionamento, procurando sempre melhorar a sua funcionalidade e garantir maior privacidade individual a cada residente. Nesta linha de atuação foi criada mais uma residência partilhada, com um modelo inovador que permite conferir ainda mais privacidade aos seus residentes, bem como um melhor funcionamento das dinâmicas de convivência diária”, descreve a Câmara de Guimarães.

Até hoje foram entregues 12 residências masculinas partilhadas e seis residências femininas partilhadas, que resulta no apoio total a 45 famílias unipessoais.

Continuar a ler

Ave

Mulher em estado grave após despiste de mota em Famalicão

EN 206

em

Foto: DR / Arquivo

Uma mulher de 37 anos sofreu ferimentos graves na sequência de um despiste de mota na EN 206, esta tarde de sábado, em Famalicão, disse a O MINHO fonte dos bombeiros. O acidente também causou ferimentos no condutor do motociclo.

O sinistro, com causas ainda por apurar, ocorreu cerca das 15:30 horas na Avenida de São Silvestre, em Requião, mobilizando as duas corporações de bombeiros daquela cidade.

O condutor do motociclo, um homem de 38 anos, acabou por sofrer ferimentos considerados “ligeiros”.

As vítimas foram transportadas para o Hospital de Famalicão.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Guimarães

Casal de traficantes tenta abalroar polícia e embate contra carros em Guimarães

Tráfico de droga

em

Foto: O MINHO / Arquivo

Dois jovens, um homem de 28 e uma mulher de 23, foram detidos na sexta-feira depois de tentarem embater contra agentes da PSP com uma viatura enquanto tentavam fugir de uma operação de fiscalização, anunciou aquela polícia.

O incidente ocorreu pelas 11:50 de sexta-feira, na rua Dr. Eduardo Almeida, na cidade de Guimarães, quando a patrulha efetuava uma ação de vigilância aos indivíduos por suspeitas do crime de tráfico de estupefacientes.

“Após ter intercetados dois suspeitos, os mesmos ainda dentro da viatura tentaram a fuga, tendo embatido em dois veículos que se encontravam estacionados nas imediações, provocando danos materiais em ambos”, adianta o comando distrital da PSP.

De referir ainda, que aquando da fuga os suspeitos direcionaram a mesma contra os elementos policiais.

No decorrer da intervenção policial foi verificado que os dois suspeito tinham em sua posse heroína suficiente para 36 doses, que lhe foram apreendidas, bem como a quantia de 1.773,30 euros, um telemóvel e a viatura em que se faziam transportar.

Face ao exposto, foram os mesmos detidos, sendo presentes este sábado no Tribunal de Turno de Celorico de Basto.

Continuar a ler

Populares