Seguir o O MINHO

Alto Minho

Armada espanhola ajuda nas buscas por jovem que caiu ao rio Minho em Melgaço

Buscas

em

Foto: DR/Arquivo

As buscas para encontrar um jovem que caiu na terça-feira à tarde ao rio Minho, em Melgaço, foram retomadas esta quarta-feira, pelas 08:00, com meios espanhóis, informou o capitão do porto de Caminha, Pedro Costa.

Contactados ontem pela agência Lusa, o capitão do porto e comandante da Polícia Marítima (PM) de Caminha, no distrito de Viana do Castelo, adiantaram que, esta quarta-feira, as operações contam com a participação de uma embarcação da Armada espanhola.

Do lado português, adiantou Pedro Costa, estão mobilizados meios da capitania e da PM de Caminha, dos bombeiros e da GNR.

No total, estarão envolvidos 14 operacionais e duas embarcações de busca em superfície e junto às margens do rio internacional.

O jovem de 26 anos “escorregou e caiu” quando “passeava”, na freguesia de Remoães, no concelho de Melgaço, cerca das 18:15.

“Vamos ver como estão as correntes para perceber a direção que o corpo terá tomado. É uma zona próxima da barragem da Frieira, na Galiza, de fortes correntes, onde se nota muito a força da água e onde existem grandes desníveis, em altura”, especificou.

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo “o alerta foi dado por uma pessoa que acompanhava o jovem no passeio junto ao rio”.

A mesma fonte adiantou que “a pessoa que acompanhava o jovem informou que o mesmo terá escorregado, acabando por cair nas águas do rio Minho”.

Ao local compareceram hoje 16 operacionais e seis viaturas dos Bombeiros Voluntários de Melgaço e Monção e meios da capitania de Caminha.

Populares