Seguir o O MINHO

Arcos de Valdevez

Arcos de Valdevez regista “maior execução dos últimos anos” no valor de 24 milhões

em

Foto: DR/Arquivo

A Câmara de Arcos de Valdevez informou esta quarta-feira ter atingido, em 2017, a “melhor taxa de execução dos últimos anos” no valor de 24 milhões de euros, de acordo com o relatório e contas aprovado pela maioria PSD.

De acordo com o documento, rejeitado pelo único elemento da oposição (PS), aquela execução “resulta de uma gestão pró-ativa, criteriosa e responsável”, tendo sido “reduzida a dívida à banca em cerca de um milhão de euros” e “reforçado o investimento municipal, em mais de três milhões de euros”.

“Nas Grandes Opções do Plano em 2017, a autarquia investiu mais de 13,7 milhões de euros, sendo de destacar que 60% desse montante foi realizado em Funções Sociais e 25% em Funções Económicas”, sustenta o município na nota hoje enviada à imprensa.

O documento realça ainda a “Educação, Economia e Qualidade de Vida” como as prioridades do ano 2017, que “ficou marcado pelo alcance de importantes objetivos para o concelho ao nível da redução do desemprego, obtendo um decréscimo de 24%”.

“Estes resultados são fruto da aposta da Câmara na proximidade com os arcuenses e na parceria com as Juntas de Freguesia, associações, instituições sociais e famílias, transferindo mais de 3,6 milhões de euros, através da atribuição de apoios ou da celebração de protocolos”, frisou o município liderado pelo social-democrata João Manuel Esteves.

Contactada pela agência Lusa, a vereadora do PS, Dora Brandão, justificou a rejeição do documento “por se encontrar incompleto”.

“Não tinha o relatório de gestão nem o parecer do Revisor Oficial de Contas (ROC). Não voto documentos sem estar, minimamente, informada sobre os assuntos. É ponto assente desde o início deste mandato”, referiu.

Anúncio

Alto Minho

Vai ser possível fazer Viana-Ponte de Lima-Sistelo por ecovia

Prolongamento da Ecovia do Vez

em

Foto: Divulgação / CM Arcos de Valdevez

A Câmara de Arcos de Valdevez está a executar um novo troço na ecovia, entre Jolda São Paio, no concelho, e as Laranjas, em Ponte de Lima, informou hoje aquela autarquia.

Segundo o município, com aquela intervenção “passará a ser possível percorrer a ecovia de Viana do Castelo até Arcos de Valdevez, passando por Ponte de Lima e chegando até Sistelo”.

Foto: Divulgação / CM Arcos de Valdevez

Com o “prolongamento da ecovia do Vez, e a ligação direta à ecovia de Ponte de Lima, Arcos de Valdevez pretende criar mais um motivo de interesse para quem gosta de passear ou praticar atividades em contacto com a natureza e culturas locais”.

Continuar a ler

Alto Minho

RTP transmite 7 Maravilhas Doces de Portugal em Arcos de Valdevez

Televisão

em

Foto: Divulgação

A vila de Arcos de Valdevez recebe, no próximo domingo, a gala da meia-final do concurso 7 Maravilhas Doces de Portugal, que será transmitida, a partir das 21:00 horas, na RTP.

Com os “Charutos dos Arcos” a serem eleitos o melhor doce do distrito de Viana do Castelo, a iguaria arcuense está, agora, na corrida para a final do concurso, que terá lugar no próximo dia 07 de setembro.

A votação telefónica neste doce, que, neste concurso, é apadrinhado pelo escritor Jacinto Lucas Pires, com ligações familiares àquele concelho do Alto Minho, pode ser feita, entre quinta-feira e sábado, através do número 760 107 003.

No distrito de Braga, o Bolinhol de Vizela foi o vencedor do concurso, tendo sido apurado para pré-finalista.

Os doces de todos os distritos do país a concurso, assim como as regras, podem ser consultados no site do concurso promovido pela RTP em https://7maravilhas.pt/.

Continuar a ler

Arcos de Valdevez

Arcos de Valdevez: Bovinos resgatados na Ecovia do Vez

Em Cabreiro

em

Foto: Filipe Guimarães/Bombeiros de Arcos de Valdevez

Três bovinos foram resgatados na tarde desta quarta-feira na Ecovia do Vez, entre os lugares da Sra. dos Aflitos em Sistelo e S. Sebastião, em Cabreiro, Arcos de Valdevez.

Os animais terão entrado na ecovia e na zona dos passadiços em Cabreiro. A forte inclinação e a chuva tornaram o piso escorregadio o que terá resultado na queda dos animais e consequente imobilização, segundo explica Filipe Guimarães, comandante dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, responsáveis pelo resgate.

O comandante, na sua publicação na rede social Facebook, alerta os proprietários de animais desta zona que em dias de chuvas evitem o acesso dos animais à ecovia, pois neste local existem algumas ravinas que podem ser fatais aos animais

No local esteve uma viatura daquela corporação e três operacionais.

Continuar a ler

Populares