Seguir o O MINHO

Alto Minho

Arcos de Valdevez investe 100 mil euros para relançar turismo

Covid-19

em

Foto: Divulgação / Arquivo

A Câmara de Arcos de Valdevez vai investir 100 mil euros nas duas fases de um programa de apoio ao turismo, hoje apresentado, que inclui um novo portal para promoção do setor, afetado pela pandemia de covid-19.

Em declarações hoje à agência Lusa, o presidente João Manuel Esteves explicou que a primeira fase do Programa de Apoio ao Turismo de Arcos de Valdevez (PATAV), orçada em 50 mil euros, arranca este mês, “destinada às pessoas do concelho que estiveram na primeira linha de combate à pandemia do novo coronavírus”.

“Vamos oferecer uma noite num alojamento local e um jantar para duas pessoas. Nesta fase, o apoio destina-se aos profissionais que operam no concelho nas áreas da saúde, socorro, forças de segurança, colaboradores dos lares de idosos e do serviço de apoio domiciliário das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS). Os vales serão para descontar nos hotéis e restaurantes que aderirem ao PATAV. É uma forma de reconhecermos o trabalho que desenvolveram no período de emergência de combate e, ao mesmo tempo, ajudarmos a economia local”, especificou.

O autarca de Arcos de Valdevez explicou que a partir de hoje os restaurantes e hotéis podem aderir ao PATAV, através de inscrição a formalizar no novo portal criado pela autarquia, sendo que na próxima semana arrancará o período de inscrição para os interessados em beneficiar deste apoio.

A segunda fase do projeto, “de igual valor financeiro, será lançada no verão, mas os vales a atribuir serão para descontar na época baixa, a partir de setembro”, disse.

Já o sítio na Internet hoje apresentado [www.visitarcos.pt] reúne “todas as atividades disponíveis, que podem ser feitas em casal, em família ou em grupo, informação sobre restaurantes, pastelarias, sobre as quintas que promovem degustação de vinho, bem como toda a programação cultural e gastronómica da vila”.

“O portal desenvolvido pela autarquia disponibiliza uma ferramenta de planeamento. O turista escolhe as experiências que quer viver e a plataforma junta as propostas e cria um roteiro de viagem num destino seguro, de confiança e que tem muitos atrativos”, referiu o autarca.

Em maio a Câmara de Arcos de Valdevez lançou um programa de apoio a famílias com quebra temporária de rendimentos, devido à pandemia de covid-19, através de vales de compras no comércio tradicional, num investimento de 100 mil euros.

O próximo programa de apoio terá como alvo os produtos endógenos do concelho.

Portugal contabiliza pelo menos 1.424 mortos associados à covid-19 em 32.700 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Relativamente ao dia anterior, há mais 14 mortos (+1%) e mais 200 casos de infeção (+0,6%).

O número de pessoas hospitalizadas desceu de 474 para 471, das quais 64 se encontram em unidades de cuidados intensivos.

O número de doentes recuperados é de 19.552.

Portugal entrou no dia 03 de maio em situação de calamidade devido à pandemia, que sexta-feira foi prolongado até 14 de junho, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

Populares