Seguir o O MINHO

País

Aprovada moção para instalar multibancos em todas as freguesias do país

Congresso da ANAFRE

em

Uma moção que reivindica a instalação de caixas multibanco em todas as freguesias do país pela Caixa Geral de Depósitos foi hoje aprovada por maioria, no último dia do XVIII Congresso da Associação Nacional de Freguesias (Anafre).

A moção, intitulada “Pela instalação de terminais ATM em todas as freguesias”, foi aprovada “por larga maioria” no terceiro e último dia do congresso, que decorre no Altice Fórum Braga.

Com sete abstenções e sem votos contra, a moção, que tem como primeiro subscritor o presidente da Junta de Freguesia de Santo Amaro, em Sousel, no distrito de Portalegre, reivindica a instalação de ATM em todas as freguesias do país.

O documento insta a Caixa Geral de Depósitos a assumir a “sua função de banco estatal” e a suportar os custos inicias com a instalação daqueles terminais, bem como os custos mensais.

“Esta medida é de extrema importância tanto para a qualidade de vida das populações, bem como para a sua imperiosa segurança”, lê-se na moção, que prevê que sejam apuradas as freguesias que já dispõem de terminais ATM e que os investimentos feitos com a instalação sejam suportados pelo Estado “com retroativos”.

Na proposta, o autarca Nélio Painha destaca que, neste momento, várias populações “fazem dezenas de quilómetros sem transportes públicos e muitas vezes sem meios próprios para aceder a um banco ou mesmo a um terminal de multibanco”.

À votação dos congressistas foram submetidas 29 moções, algumas aproximam-se dos principais temas em debate no congresso, como a descentralização de competências, o estatuto dos eleitos locais, o financiamento das freguesias e a reorganização administrativa, enquanto outras se centram em problemas mais locais, como a falta de iluminação, poluição de rios e assimetrias tecnológicas.

A Anafre iniciou na sexta-feira, em Braga, o seu XVIII Congresso, na sequência das eleições autárquicas, onde cerca de mil autarcas discutiram temas como as novas competências, a reorganização administrativa e o acesso a fundos comunitários.

O congresso, sob o lema “Freguesias 20/30 Valorizar Portugal”, deverá ainda reeleger hoje como presidente da Anafre o socialista Jorge Veloso, que encabeça a lista de consenso que irá a aprovação dos congressistas.

EM FOCO

Populares