Apoio à renda vai subir em 4,94% e dedução no IRS avança para 550 euros

Foto: Thiago Correia / O MINHO / Arquivo

O Conselho de Ministros aprovou hoje uma atualização automática do apoio à renda de 4,94% para mitigar os aumentos que decorrem da inflação e uma subida do valor dedutível em IRS de 502 para 550 euros.

A medida foi anunciada pela ministra da Habitação no final do Conselho de Ministros em que foi aprovado o decreto-lei reforça o apoio extraordinário às famílias no pagamento das rendas, tendo Marina Gonçalves precisado que o reforço de 4,94% vai ser aplicado de forma automática a quem já recebe este apoio.

Este reforço de 4,94% visa mitigar o impacto da atualização das rendas na sequência da fórmula prevista na lei e que, de acordo com o valor de inflação que lhe serve de referência, se vai traduzir num aumento de 6,94% das rendas em 2024.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Câmara de Braga aprova mudança de local de farmácia

Próximo Artigo

Costa desvaloriza divergências na UE e pede que apoio humanitário chegue a Gaza

Artigos Relacionados
x