Apanhado duas vezes em incumprimento de quarentena na Póvoa de Lanhoso acaba detido

Covid-19
Foto: postal.pt / DR

Um homem, cuja idade não foi possível precisar, foi detido por militares da GNR da Póvoa de Lanhoso, na sexta-feira, por desobediência às normas impostas com o novo Estado de Emergência, em vigor desde as 00:01 horas de sexta.

Segundo disse a O MINHO fonte oficial do comando distrital de Braga, o homem já constava na lista da GNR por ter desrespeitado uma vez as regras de isolamento a que estava obrigado, sendo novamente apanhado em incumprimento flagrante pelos militares.

O homem foi detido por desobediência agravada e o caso reportado ao Ministério Público. Não foi revelado se o homem se encontrava em confinamento obrigatório por estar infetado ou se será apenas um caso suspeito a isso obrigado.

A nível nacional, desde que o Estado de Emergência foi renovado, foram detidas outras sete pessoas pelo crime de violação de obrigação de confinamento obrigatório ou por outras situações de desobediência ou resistência.

Foram encerrados 63 estabelecimentos por incumprimento das normas decretadas.

Durante o primeiro Estado de Emergência, que vigorou entre 22 de março e 02 de abril, registaram-se 108 detenções e foram encerrados 1.708 estabelecimentos em incumprimento.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Covid-19: Itália regista redução inédita de doentes nos cuidados intensivos

Próximo Artigo

Sete suspeitos de tráfico vão ser libertados por falta de espaço na cadeia de Braga

Artigos Relacionados
x