Seguir o O MINHO

Futebol

António Salvador quer conquista da Taça da Liga

SC Braga

em

Foto: Twitter

O presidente do Sporting Clube de Braga disse hoje que a equipa vai “apostar tudo” na conquista da Taça da Liga de futebol, porque é a última vez que vai decorrer no Estádio Municipal de Braga.

O recinto dos bracarenses vai acolher pelo terceiro ano consecutivo, e último, a final four da Taça da Liga, em janeiro do próximo ano.

“Entrar na fase de grupos da Liga Europa era o objetivo mais imediato, mas há outros grandes objetivos para alcançar, nomeadamente no campeonato e uma Taça da Liga que vai ser o último ano que vamos ter em nossa casa. Infelizmente, não conseguimos nos últimos dois anos chegar à final e obviamente que vamos apostar tudo para poder dar uma alegria à nossa cidade e aos nossos adeptos, conquistando essa taça”, disse António Salvador, à margem de uma cerimónia pública.

Os minhotos ocupam a 13.ª posição no campeonato, com quatro pontos, e o dirigente espera “dar um salto” na tabela classificativa nas próximas jornadas.

“Sabíamos que íamos ter um arranque muito difícil no campeonato, além dos jogos contra duas grandes equipas para entrar na fase de grupos da Liga Europa, foi um início tremendo, jogos de três em três dias, oito em 24 dias. Mas não é à quarta jornada que vamos fazer balanços, espero que nas próximas jornadas possamos dar um salto [na tabela]. Temos um plantel com muita qualidade e uma equipa técnica muito competente e estamos preparados”, disse.

Questionado sobre se concorda com o presidente da Liga espanhola de futebol, Javier Tebas, que, na quinta-feira, em Portugal, à margem da Soccerex Europe, defendeu a necessidade de o governo português, à semelhança de outros na Europa, intervir e impor a centralização dos direitos televisivos, António Salvador disse que esse “é um assunto relevante, mas muito difícil de alterar” neste momento.

“Em Espanha, o governo interveio, mas o timing passou. Tomara todos termos mais receitas. Devia ter sido uma preocupação da Liga e dos responsáveis governamentais antes de todos estes contratos que se fizeram recentemente, não o fizeram e acho muito difícil agora. É um assunto que é relevante, mas não tem pernas para andar neste momento. É mau para Portugal, mas há que esperar”, disse.

António Salvador rejeitou ainda o que denominou de “vitimização” que o Benfica fez sobre o processo dos bilhetes do último jogo com os bracarenses, no domingo, da quarta jornada da I Liga (vitória do Benfica por 4-0).

“O Benfica não pode exigir que os outros façam aquilo que eles não fazem na casa deles, os preços que o Braga praticou são os que o Benfica pratica em sua casa. Depois, o Sporting de Braga propôs uma permuta de 1.500 bilhetes, os cinco por cento da lotação do estádio, a 10 euros com o mesmo preço em Lisboa e o Benfica rejeitou isso”, disse.

António Salvador falava à margem da apresentação do “Ritual do Guerreiro”, uma iniciativa conjunta da Associação Comercial de Braga (ACB), Sporting Clube de Braga e Central de Cervejas (CC) que visa o “reforço da cumplicidade dos bracarenses com o seu clube”, como explicou o presidente da ACB, Macedo Barbosa.

Através do consumo dos produtos da CC nos jogos em casa e fora do campeonato, nos 49 estabelecimentos aderentes, os adeptos habilitam-se a prémios, nomeadamente bilhetes para jogos do Sporting de Braga e produtos de merchandising.

António Salvador frisou que a parceria hoje firmada é mais uma no sentido da vontade de uma “aproximação e uma ligação mais forte do clube com a cidade”.

Anúncio

Futebol

Braga perde com Sporting no jogo de estreia da Liga de futebol feminino

Frente ao Sporting

em

Foto: SC Braga (Arquivo)

O Sporting entrou esta segunda-feira da melhor forma na I Liga portuguesa de futebol feminino, ao bater o Sporting Clube (SC) de Braga por 2-1, em Alcochete, numa partida em que as leoas operaram a reviravolta no último quarto de hora.

Uchendu inaugurou o marcador para as bracarenses logo aos 02 minutos, mas os golos de Diana Silva (75) e Nevena Damjanovic (79) permitiram ao Sporting entrar com o pé direito no campeonato de 2019/20 e somar os primeiros três pontos.

As bracarenses chegaram à vantagem quando ainda nenhuma equipa o havia justificado, aproveitando a velocidade e o oportunismo de Uchendu para inaugurar o marcador logo aos 02 minutos.

As minhotas estavam mais confortáveis na partida e dominavam as operações, especialmente após o intervalo, com a avançada nigeriana a colocar à prova a guarda-redes Patrícia Morais num tiro na pequena área (47) e a acertar na trave um remate de meia distância (58).

Mas o Sporting, que até ao quarto de hora final só teve uma oportunidade flagrante, com Carolina Mendes a atirar por cima (06), igualou a partida aos 75 minutos, por Diana Silva, solicitada na profundidade pela norte-americana Carlyn Baldwin.

A equipa leonina galvanizou-se com o empate e, pouco depois, a defesa central Nevena Damjanovic operou a reviravolta ao cobrar de forma irrepreensível um livre direto em zona frontal, decorria o minuto 79.

O SC Braga não conseguiu recuperar do golpe anímico e o Sporting podia ter ampliado por Hannah Wilkinson (88), enquanto as bracarenses só nos descontos (90+1) voltaram a criar perigo num remate por cima de Francisca Cardoso.

Ficha de Jogo

Jogo no Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete.

Sporting – Sporting de Braga, 2-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadoras:

0-1, Uchendu, 02 minutos.

1-1, Diana Silva, 75.

1-2, Nevena Damjanovic, 79.

Equipas:

– Sporting: Patrícia Morais, Ana Borges (Carlyn Baldwin, 20), Carole Costa, Nevena Damjanovic, Joana Marchão, Tatiana Pinto, Rita Fontemanha, Fátima Pinto, Diana Silva, Raquel Fernandes (Ana Capeta, 59) e Carolina Mendes (Hannah Wilkinson, 59).

(Suplentes: Inês Pereira, Carlyn Baldwin, Mariana de Azevedo, Ana Capeta, Joana Martins, Neuza Besugo e Hannah Wilkinson).

Treinadora: Susana Cova.

– Sporting de Braga: Rute Costa, Pratt, Inês Maia, Diana Gomes (Machia, 88), Ágata Filipa, Denali Murnan, Dolores Silva, Regina Pereira (Laura Luís, 72), Vanessa Marques (Sara Brasil, 88), Keane e Uchendu (Francisca Cardoso, 65).

(Suplentes: Houriban, Babi, Lau Machado, Laura Luís, Francisca Cardoso, Sara Brasil e Machia).

Treinador: Miguel Santos.

Árbitra: Catarina Campos (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Dolores Silva (26), Tatiana Pinto (38) e Regina Pereira (51).

Assistência: cerca de 400 espetadores.

Continuar a ler

Futebol

Ricardo Horta renova com SC Braga até 2024

Anunciou o clube

em

Foto: SC Braga

O extremo Ricardo Horta renovou contrato com o Sporting Clube (SC) de Braga até 2024, revelou esta segunda-feira o clube da I Liga de futebol.

A cumprir a quarta época nos guerreiros, Ricardo Horta, de 25 anos, já fez 138 jogos e 35 golos, quatro dos quais esta época, pelo SC Braga.

“Esta aposta do clube significa a recompensa do trabalho que tenho vindo a fazer. Foram três grandes anos, agora está a iniciar-se o quarto e espero que corra tão bem como até aqui. É um sentimento de orgulho porque é um prazer enorme jogar aqui e representar este clube”, afirmou à televisão do clube.

O jogador disse ainda que o que o motivou a prolongar a ligação “é continuar a ajudar o clube a crescer”.

“Eu e o presidente temos a mesma ambição e os mesmos objetivos. Sinto que temos muito caminho a percorrer em conjunto e, por essa razão, entendo que faz todo o sentido prolongar a minha ligação ao Braga”, disse.

Para Ricardo Horta, poder estar em Portugal “é bastante confortável” e, no SC Braga, sente-se “completamente em casa”.

“Posso dizer que, aqui, estou na minha zona de conforto, a fazer aquilo de que mais gosto, que é jogar futebol”, disse.

Continuar a ler

Campeonato de Portugal

Rúben Amorim vai treinar o Braga B

Campeonato de Portugal

em

Foto: DR / Arquivo

O antigo futebolista português Rúben Amorim vai assumir o comando técnico da equipa B do SC Braga, avança o Mais Futebol.

De acordo com o jornal digital, o antigo jogador do clube, que também passou pelo Benfica, encontra-se, nesta segunda-feira à tarde, na cidade dos arcebispos, para acertar os últimos pormenores com vista a substituir Rui Santos.

O SC Braga B, que na época passada foi despromovido ao Campeonato de Portugal, soma duas vitórias e duas derrotas na competição, a última das quais na passada sexta-feira, em Guimarães (2-0).

Esta é a segunda experiência de Rúben Amorim à frente de uma equipa, depois de uma curta experiência no Casa Pia.

4.ª Jornada do Campeonato de Portugal

Na próxima jornada, no sábado, os arsenalistas recebem o Cerveira, naquele que deverá ser o jogo de estreia do novo treinador.

Continuar a ler

Populares