Seguir o O MINHO

Braga

António Costa: Braga é “um dos grandes pólos de desenvolvimento do país”

em

Contrato de I&D entre Bosch e UMinho cria 267 novos postos de trabalho

O primeiro-ministro, António Costa, considera Braga “um dos grandes pólos de desenvolvimento do país e que revela uma grande capacidade de juntar o conhecimento académico à produção tecnológica”. Durante a oficialização da segunda fase do projecto de Investigação e Desenvolvimento (I&D), uma parceria pela Bosch Car Multimedia Portugal e a Universidade do Minho (UMinho), que teve lugar esta Sexta-feira, 4 de Março, o governante afirmou que esta é “uma parceria exemplar para o futuro da economia portuguesa”.

Este é o maior contrato de investigação alguma vez realizado em Portugal, tendo como foco o desenvolvimento de soluções que vão moldar o futuro da mobilidade e prevê, ainda, um investimento de cerca de 55 milhões de euros e o registo de 22 patentes até 2018. Este será, também, um importante reforço para o aumento dos níveis de empregabilidade da Região, uma vez que irá possibilitar a criação de 267 novos postos de trabalho.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, este é mais um dado que vem “comprovar a estratégia que está a ser delineada entre todos os agentes do território e que passa por aproveitar os muitos recursos que Braga tem para oferecer”, destacando, neste particular, a Universidade do Minho e a Bosch, “um dos principais agente económicos de Braga” que tem tido uma postura de “grande interacção com a sociedade Bracarense”.

A multinacional alemã pretende contratar mais mil colaboradores em Portugal até ao final de 2018, com a unidade de Braga a chegar aos 3 mil funcionários. Um facto que demonstra o “papel notável que a Cidade tem tido na procura de soluções para a criação líquida de novos postos de trabalho, de atracção de investimento e de projectos que ajudem ao desenvolvimento do território”, concluiu Ricardo Rio.

A primeira fase da parceria de I&D entre a Bosch e a UMinho contou com um investimento de 19 milhões de euros entre 2012 e 2015, permitindo o registo de 12 patentes. Esta segunda fase da parceria – denominada “Innovative Car HMI” – vai exigir a contratação de mais de 90 novos engenheiros pela Bosch, com diferentes especializações para a área de Investigação e Desenvolvimento, e 173 bolseiros de diferentes Escolas da UMinho.

Para o reitor da UMinho, António Cunha, esta parceria alia a “vontade de uma grande empresa internacional em apostar num programa de investigação e desenvolvimento científico em Portugal, à vontade e competência da UMinho em converter conhecimentos e saberes em conceitos e soluções capazes de serem valorizados pelo tecido industrial”.

A Bosch está a investir em inovação como estratégia de consolidação do negócio no País. Nos últimos anos, conseguiu trazer para Braga novos projectos de I&D, incluindo, mais recentemente, o desenvolvimento de software. Actualmente desenvolve não apenas soluções para a divisão de multimédia automóvel, onde é a principal fábrica no mundo, mas também para outras divisões da Bosch, como é o caso dos sensores de ângulo de direcção do ESP (Programa Electrónico de Estabilidade).

“Queremos ser um exemplo na cooperação entre a indústria e o ensino e acreditamos que estes projectos irão servir de incentivo a outras parcerias e modelos de cooperação indústria-universidade, afirmou Carlos Ribas, administrador e representante da Bosch em Portugal, acrescentando que a empresa alemã pretende, desta forma, “manter os talentos em Portugal, criar emprego qualificado e dar um forte contributo à economia da Região”.

A cerimónia de assinatura do contrato contou com a presença de vários membros do Governo e decorreu na Reitoria da Universidade do Minho. O momento foi antecedido por uma visita às instalações da Bosch, em Braga, onde foram apresentadas algumas soluções que estão a ser desenvolvidas, fruto desta parceria.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Braga. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Anúncio

Braga

Ameaça polícia com faca em casa após ser alvo de denúncia em Braga

Violência

em

Foto: O MINHO

Um homem foi detido depois de puxar de uma faca de cozinha contra dois agentes da PSP que o interpelavam, à porta do seu apartamento, devido ao ruído excessivo com o televisor, na passada sexta-feira, em Braga.

O homem, de 56 anos, provocou momentos de tensão no prédio situado na Avenida de Barros Soares, na cidade bracarense, quando apontou uma faca com lâmina de 30 centímetros aos dois agentes.

Os polícias acabaram por conseguir imobilizar o homem com recurso a gás-pimenta, não utilizando as armas de serviço. O detido acabou por cair no sofá, onde lhe foi retirada a faca e colocadas as algemas.

A denúncia foi feita por vizinhos, cerca das 22:30 da passada sexta-feira. O homem acabou por receber assistência dos Bombeiros Voluntários de Braga, mas recusou transporte hospitalar.

Será presente, na segunda-feira, aos serviços de Ministério Público do Tribunal de Braga.

Continuar a ler

Braga

Governo quer baixar preços de estacionamento no Hospital de Braga

Empresa privada detém concessão até 2039

em

Foto: O MINHO (Arquivo)

O Governo está a avaliar a possibilidade jurídica de intervir junto da entidade gestora do edifício do Hospital de Braga, de forma a baixar os preços praticados no parque de estacionamento daquela unidade, anunciou o Ministério da Saúde.

Em documento enviado à Assembleia da República, em resposta ao grupo parlamentar do Bloco de Esquerda, “o Governo reconhece as queixas de utentes e profissionais, relativamente aos preços praticados no parque de estacionamento do Hospital de Braga e admite intervenção junto da Entidade Gestora do Edifício”.

“Os preços praticados pela empresa que está a explorar o parque têm sido motivo de queixa, quer por parte dos utentes, quer por parte dos profissionais, estando presentemente a ser avaliada a possibilidade jurídica de intervir junto da EGE”, refere o órgão que tutela a saúde em Portugal.

Sobre o pedido de tornar gratuito o estacionamento, feito pelos deputados do BE, eleitos pelo círculo eleitoral de Braga (José Maria Cardoso e Alexandra Vieira), o Governo diz ser inmpossível, uma vez que a concessão do estacionamento a uma empresa privada é válido até 2039.

Continuar a ler

Braga

Turista em estado grave após queda no Gerês

Cascatas do Tahiti

em

Foto: O MINHO

Um homem, com 51 anos, sofreu ferimentos graves na sequência de uma queda em cascatas do Gerês, ao final da manhã deste sábado, em Vilar da Veiga, concelho de Terras de Bouro, disse a O MINHO fonte envolvida no socorro.

No local, conhecido por albergar as famosas Cascatas do Tahiti, estiveram socorristas da delegação de Rio Caldo da Cruz Vermelha Portuguesa, acompanhados por elementos dos Bombeiros de Terras de Bouro.

A vítima, residente em Lisboa, caiu num pequeno lago (poço natural) depois de ter escorregado e caído de uma altura de seis metros.

Ao que apuramos, a vítima, em estado de hipotermia, sofreu ferimentos a nível do crânio.

Foi transportado para o Hospital de Braga.

O alerta foi dado cerca das 12:00 horas.

A GNR do Gerês registou a ocorrência.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

PASSATEMPO

ÚLTIMAS

Reportagens da Semana

Populares