Seguir o O MINHO

Braga

Ano do Gnration, em Braga, arranca com sons de Toral e imagens de Kurokawa

Workshops também começam este mês

em

Foto: Divulgação / Generation

O programa do “Generation”, em Braga, para os primeiros três meses deste novo ano arranca já a 18 de janeiro com o conhecido músico português Rafael Toral a revisitar um dos mais importantes discos da sua carreira e da música ambiental das últimas décadas.

No mesmo dia, o artista digital japonês Ryoichi Kurokawa volta a Braga, um ano após ter apresentado, em estreia mundial, uma nova instalação na galeria INL. Kurokawa dará a conhecer Mono, um conjunto de trabalhos audiovisuais e de mixed media concebidos na última década. A exposição estará patente na galeria gnration até 7 de abril. A entrada é gratuita.

O programa de serviço educativo para o mês de janeiro marca o início do ciclo de workshops Braga Media Arts.
Focado na experimentação, criação, arte e tecnologia, o novo ciclo de workshops, denominado BMA lab, dedica-se aos principais tópicos das media arts, proporcionando aos participantes uma experiência intensiva no desenvolvimento de obras, ferramentas e ideias.

Estes workshops destinam-se a músicos, artistas digitais, programadores, professores e outros profissionais ou estudantes interessados em música eletrónica e na arte digital.

O primeiro workshop BMA lab é já a 19 de janeiro, com o colectivo Openfield Creativelab a convidar a uma exploração visual e sonora do gnration, onde o objetivo é explorar e captar as várias realidades do edifício como espaço de transformação e foco criativo.

Já no final do mês, o gnration apresenta mais uma sessão do workshop de Robótica para Crianças. Utilizando kits Lego Mindstorms, os mais pequenos vão construir e programar robôs com sensor de luz para seguirem uma linha.

Populares