Seguir o O MINHO

Alto Minho

Aniversário do regresso do Gil Eannes marcado por reabilitação do “Bloco Operatório”

em

A Fundação Gil Eannes anunciou esta segunda-feira a inauguração das obras de reabilitação e restauro dos espaços do bloco operatório, no âmbito dos 18 anos do regresso da embarcação à cidade.

A fundação que gere o navio museu instalado na doca comercial de Viana do Castelo há 18 anos adiantou que aquele investimento permite abrir ao público a sala de operações, sala de desinfeção, sala de esterilização, sala de agentes físicos, laboratório de análises, raio x de emergência, ‘hall’ e ainda a reabilitação de uma antiga enfermaria.

O navio Gil Eannes foi construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo e iniciou a sua atividade como hospital em 1955, apoiando durante décadas, a frota bacalhoeira portuguesa que atuava nos bancos da Terra Nova e Gronelândia.

Desativada a frota bacalhoeira, “ficou a apodrecer nas docas de Lisboa, durante muitos anos”. Em 1998, a Fundação Gil Eannes, considerando-o património cultural e afetivo da cidade, resgatou-o da sucata por cerca de 250 mil euros, e após obras de restauro, devolveu o mesmo à cidade, sob a forma de museu.

Notificacoes O Minho

Ative as notificações no canto esquerdo do seu ecrã  e receba alertas de notícias de Última Hora.*

* disponível para Google Chrome

Populares