Seguir o O MINHO

Futebol

André Almeida (Vitória SC) espera que sub-21 voltem a dominar frente à Bielorrússia

Qualificação para o Euro2023

em

Foto: Vitória SC

O futebolista André Almeida frisou hoje esperar que a seleção portuguesa de sub-21 domine a partida com a Bielorrússia, tal como fez no jogo caseiro, e complete a qualificação para o Europeu2023 com três triunfos.

“No jogo com a Bielorrússia, cá em Portugal, dominámos completamente. Espero que o jogo fora seja no mesmo sentido, que possamos dominar o jogo com posse de bola. Vamos para lá com o objetivo de ganhar e fazer um grande jogo”, disse, em conferência de imprensa.

A equipa das ‘quinas’ prepara desde segunda-feira a tripla jornada que concluirá a fase de apuramento para o Campeonato da Europa de 2023, que se irá realizar na Roménia e na Geórgia, onde defrontando Bielorrússia, Liechtenstein e Grécia.

“É jogar para ganhar todos eles e deixar os portugueses orgulhosos, dando o nosso melhor”, realçou o jogador, que completa 22 anos dentro de cinco dias, prosseguindo: “Queremos marcar o máximo de golos que pudermos e concretizar oportunidades. No futebol, o mais difícil é criar essas oportunidades, mas temos conseguido fazer isso”.

André Almeida assegurou que pretende “aparecer mais vezes na cara do golo”, depois de uma temporada em que apenas apontou um golo, e pelos sub-21, ficando em ‘branco’ nos 36 encontros disputados pelo Vitória.

“O nível, tanto aqui como no campeonato português, é muito elevado. Como vemos, temos aqui jogadores que jogam no mais alto patamar, a nível internacional até, como na Liga dos Campeões. Portanto, a dificuldade é a mesma”, salientou o jovem jogador.

Colega de posição de futebolistas como Fábio Vieira ou Fábio Carvalho, que estiveram em destaque na última época ao serviço de FC Porto e Fulham, respetivamente, André Almeida sublinhou que, nos sub-21, estão todos “em pé de igualdade”.

“Estamos todos aqui para representar Portugal. É um orgulho para todos, e não há adversários. Somos todos colegas de equipa, criámos aqui um grande grupo e muitas amizades. Estamos todos aqui para o mesmo”, concluiu, antes de ir para novo treino.

A equipa das ‘quinas’ fica hoje completa, com a integração dos 10 futebolistas que ainda estavam ausentes – os defesas João Mário, Eduardo Quaresma, Tiago Djaló e Nuno Tavares, os médios Tiago Dantas, Fábio Vieira e Fábio Carvalho e os avançados Francisco Conceição, David da Costa e Fábio Silva -, mas ainda sem treinarem juntos.

A sessão de treino foi dividida em duas partes: às 17:30, iniciou-se o treino dos 15 atletas que se encontram integrados desde segunda-feira, enquanto os jogadores que completam o plantel às ordens do selecionador Rui Jorge fazem o seu primeiro treino pelas 18:30, sendo que apenas na quinta-feira o grupo fará o primeiro treino conjunto, pelas 10:00.

Os vice-campeões europeus de sub-21 concluem em junho a qualificação para a prova continental, que se vai realizar na Roménia e na Geórgia, em 2023, com três encontros do Grupo 4: deslocações a Bielorrússia, em 04 de junho, e Liechtenstein, em 07 de junho, e receção à Grécia, marcada para o Estádio Cidade de Barcelos, em 11 de junho.

Portugal lidera o agrupamento, com 19 pontos, seguido da Grécia, com 17, enquanto a Islândia e a Bielorrússia somam nove. O Chipre, com oito, e o Liechtenstein, ainda sem qualquer ponto somado, ocupam as duas últimas posições. Os primeiros posicionados de cada grupo apuram-se diretamente, enquanto os segundos disputam um ‘play-off’.

Populares