Seguir o O MINHO

Ave

Andam a envenenar cães de caça em Vizela. Mais de uma dezena já morreu

Animais

em

Foto: Ilustrativa

Andam a envenenar cães nos montes de Vizela. O alerta é deixado por Eduardo Cunha, vice-presidente do Clube Turístico e Desportivo de Vizela, dando conta de “mais de uma dezena de cães” que já morreram envenenados em diferentes montes daquele concelho.


Em declarações à Rádio Vizela, o diretor explica que estas ações criminosas decorrem dentro da área municipal de reserva de caça e que os cães morrem “de forma fulminante”.

“Não sabemos que tipo de veneno foi, nem quem estará por detrás disto”, começa por alertar Eduardo Cunha, revelando que “os cães comem e aquilo é fulminante. Ainda tentámos reanimá-los, mas eles morrem no espaço de três ou quatro minutos”.

Monte da Penabesteira, Britelo e Monte da Garrafinha são alguns dos locais onde ocorreram vários óbitos de animais durante a jornada de caça. Eduardo Cunha revela que os caçadores estão com receio de voltar à reserva por temerem a morte de mais animais.

A associação vai apresentar queixa nas autoridades.

Anúncio

Guimarães

Foram de ‘scooter’ roubar maços de tabaco em Guimarães mas foram apanhados

Furto em estabelecimento comercial

em

Foto: GNR

Dois homens, de 16 e 30 anos, foram detidos, na madrugada desta segunda-feira, em flagrante a assaltar um estabelecimento comercial, em Selho São Jorge, no concelho Guimarães, anunciou hoje a GNR.

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga da GNR refere que, no seguimento de uma denúncia por furto, os militares encontraram no local os suspeitos na posse do material furtado, designadamente 42 maços de tabaco e 170 euros em numerário, entre outros objetos.

Os bens furtados foram apreendidos e serão restituídos ao proprietário.

Foi ainda apreendido um ciclomotor utilizado no furto.

Os dois detidos serão presentes hoje ao Tribunal Judicial de Guimarães.

Continuar a ler

Guimarães

Novo ajuntamento esta madrugada em protesto pelas Festas Nicolinas em Guimarães

PSP identificou dezenas de jovens

em

Foto: Redes sociais / Arquivo

A PSP identificou dezenas de jovens que, pelas 05:00 desta segunda-feira, protestaram no centro de Guimarães pela realização das Festas Nicolinas. Esta situação acontece depois de, no domingo, ter-se registado ajuntamento, disperso pelas autoridades, no arranque daquelas tradicionais festividades.

Em declarações à Antena 1, o porta-voz da PSP, Nuno Bugalho Carocha, explica que, esta madrugada, “no centro da cidade de Guimarães, algumas dezenas de pessoa vieram com cartazes e alguns instrumentos fazer ruído para a rua em defesa da realização das Festas Nicolinas naquela cidade”.

“A nossa parte a postura foi obviamente de fazer cessar aquele incómodo para toda a população o mais depressa possível”, acrescenta o responsável.

PSP evitou “intervenção pela força” para dispersar aglomerado Nicolino em Guimarães

Ontem, perto de uma centena de pessoas juntou-se durante a manhã no centro histórico de Guimarães para dar mote ao início das Festas Nicolinas. Dezenas de pessoas tocaram bombos, como manda a tradição, enquanto outros conviveram para assinalar o início das mais tradicionais festas do berço do país.

Continuar a ler

Guimarães

Centenas de bombos ecoaram a partir das varandas de Guimarães

Centenas de pessoas aderiram à iniciativa do Dia do Pinheiro, versão 2020, que consistiu no tradicional toque do bombo, mas desta vez à varanda, face às limitações provocadas pela pandemia de covid-19. Depois de uma manhã ‘atribulada’, onde a cidade ganhou protagonismo a nível nacional, face a aglomerados no centro histórico, desta vez foi diferente, e os Nicolinos rufaram os tambores a partir de casa. Vídeo: Ricardo Coelho Lima

em

Foto: DR / Arquivo

Centenas de pessoas aderiram à iniciativa do Dia do Pinheiro, versão 2020, que consistiu no tradicional toque do bombo, mas desta vez à varanda, face às limitações provocadas pela pandemia de covid-19. Depois de uma manhã ‘atribulada’, onde a cidade ganhou protagonismo a nível nacional, face a aglomerados no centro histórico, desta vez foi diferente, e os Nicolinos rufaram os tambores a partir de casa. Vídeo: Ricardo Coelho Lima

Continuar a ler

Populares