Seguir o O MINHO

Braga

Ana Gomes cancela vinda a Braga por causa da pandemia

Eleições presidenciais

em

Foto: Dr / Arquivo

A candidata a Presidente da República Ana Gomes cancelou hoje “todas as ações de campanha programadas para as próximas duas semanas” devido ao agravamento da pandemia de covid-19, incluíndo a sessão marcada para Braga, anunciou a sua candidatura.


“Devido ao agravamento da situação da pandemia em Portugal e à necessidade de cumprir com o máximo rigor e sentido de responsabilidade cívica as medidas sanitárias hoje determinadas pelo governo, a candidatura de Ana Gomes à Presidência da República decidiu cancelar todas as ações de campanha programadas para as próximas duas semanas em todo o país”, refere uma nota da candidatura enviada à agência Lusa.

Numa pequena nota, a candidatura de Ana Gomes “reconhece a pertinência das novas medidas hoje adotadas pelo governo e pelas autoridades de Saúde no sentido do reforço das medidas sanitárias, visando diminuir os riscos de contágio da população e reduzir as consequências sanitárias, económicas e sociais da pandemia”.

A ex-eurodeputada socialista decidiu assim cancelar os debates públicos subordinados ao tema “Cuidar de Portugal” já anunciados para a próxima sexta-feira, dia 16, em Braga, e para o próximo sábado, 17, no Porto.

Os debates irão realizar-se nos mesmos locais, “logo que a situação sanitária o permita”, esclarece ainda a candidatura de Ana Gomes.

O Governo decidiu hoje elevar o nível de alerta por causa da pandemia, que passa da “situação de contingência” para “situação de calamidade”.

Portugal contabiliza pelo menos 2.117 mortos associados à covid-19 em 91.193 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Anúncio

Braga

Vieira do Minho disponibiliza gratuitamente testes rápidos à população

Covid-19

em

Foto: Rádio Alto Ave

A câmara de Vieira do Minho disponibiliza gratuitamente, a partir de hoje, testes rápidos de antigénio, de diagnóstico de novos casos de covid-19, anunciou aquela autarquia.

Na sua página da internet, aquele município adianta que, “face à atual situação pandémica”, entende ser de “extrema importância” o aumento do número de pessoas testadas e a “rapidez do diagnóstico”, justificando assim a aquisição de testes de pesquisa de antigénio para o diagnóstico do SARS-COV-2 na população.

“A autarquia entende que a deteção da doença através dos testes de pesquisa de antigénio permite implementar rapidamente as medidas de isolamento para conter a transmissão do vírus”, lê-se.

Os testes de diagnóstico rápido de deteção de antigénio serão realizados por profissionais de saúde.

Continuar a ler

Braga

Terras de Bouro ‘estável’, mantém sete casos ativos de covid-19

Covid-19

em

Foto: DR

O concelho de Terras de Bourou regista sete casos ativos de infeção por covid-19, mais três do que o registado há 14 dias.

Estes números são recolhidos por O MINHO junto de fonte local da saúde e reportam às 22:00 horas de terça-feira.

Não foi disponibilizado o número de casos recuperados, óbitos ou acumulado desde o início da pandemia.

Este concelho é um dos dois do distrito de Braga que ficou de fora das medidas extraordinárias do Governo para mitigar a evolução pandémica, uma vez que não tinha atingido o ratio de 240 infetados por 100 mil habitantes.

Cm os números de ontem, o concelho mantém a probabilidade de continuar a evitar as restrições, algo que só será avaliado a 23 de novembro.

Continuar a ler

Braga

Vieira do Minho, com 44 casos ativos, pode vir a ingressar ‘lista de risco’

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

O concelho de Vieira do Minho regista 44 casos ativos de infeção por covid-19, mais 37 do que no última balanço, feito há 14 dias.

Estes números são recolhidos por O MINHO junto de fonte local da saúde e reportam às 22:00 horas de terça-feira.

Não foi disponibilizado o número de casos recuperados, óbitos ou acumulado desde o início da pandemia.

Este concelho é um dos dois do distrito de Braga que ficou de fora das medidas extraordinárias do Governo para mitigar a evolução pandémica, uma vez que não tinha atingido o ratio de 240 infetados por 100 mil habitantes.

No entanto, e com os números de ontem, o concelho passa a superar o mínimo exigido para evitar as restrições, algo que só será avaliado a 23 de novembro.

Continuar a ler

Populares