Seguir o O MINHO

Famalicão

Ana Bacalhau a solo na Casa das Artes de Famalicão

em

Foto: Divulgação/Rui Bandeira

Depois de uma década a dar voz às canções da Deolinda, Ana Bacalhau prepara-se para regressar à Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, mas desta vez a solo. A cantora portuguesa atua este sábado, dia 02 de dezembro, no grande auditório do espaço cultural famalicense, num concerto de apresentação do seu novo álbum, intitulado “Nome Próprio”. Uma semana depois, a cantora apresenta-se em Ponte de Lima, e em Braga no ano que vem.

“Leve como uma pena” e “Ciúme” são os primeiros registos do mais recente trabalho discográfico da cantora, editado no final do passado mês de outubro e para o qual Ana Bacalhau contou com a colaboração de alguns amigos, como Samuel Úria, Jorge Cruz, Nuno Prata, Capicua, Márcia, entre outros.

“Foi uma década de sonhos cumpridos através da voz maior da Deolinda. Neste momento, há projetos adiados que todos precisamos de experimentar para que possamos aprender e melhorar a nossa arte individual”, revelou recentemente através da sua página oficial no Facebook.

Ana Bacalhau prepara-se agora para transportar as novas canções para o palco, com uma extensa digressão que vai passar por todo o país.

A banda que acompanhou Ana Bacalhau nas gravações, e que será também a sua banda de palco, é composta por Luís Figueiredo (teclados), Luís Peixoto (cavaquinho, bouzouki e banjo), Alexandre Frazão (bateria e percussão) e Zé Pedro Leitão (contrabaixo e baixo).

O concerto deste sábado em Famalicão está marcado para as 21:30 e tem a duração de 75 minutos. A entrada tem o custo de 10 euros, reduzindo para 5 euros para estudantes e portadores do Cartão Quadrilátero Cultural, e pode ser comprado online.

EM FOCO

Populares