Seguir o O MINHO

Alto Minho

Alunos do Politécnico de Viana produzem e oferecem viseiras a instituições do distrito

Coronavírus

em

Estudantes e docentes do curso de licenciatura em Mecatrónica do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) estão a produzir viseiras de proteção contra a covid-19 para oferecer a diversas instituições da região do Alto Minho, foi hoje anunciado.

Foto: Divulgação / IPVC

Em produção desde 01 de abril, as primeiras viseiras produzidas pelas equipas da Escola Superior Técnica de Gestão do IPVC “foram já entregues à Polícia Marítima de Viana do Castelo”, refere a nota de imprensa.

“A segunda entrega será feita, brevemente, ao Centro Paroquial e Social de Grade, seguindo-se o Hospital de Santa Luzia, entre outras instituições já referenciadas”, acrescenta a nota.

Num esforço de solidariedade que contou com a colaboração de “uma empresa local que produziu e ofereceu uma centena de hastes”, parte das viseiras “estão a ser produzidas numa impressora 3D, pertencente aos laboratórios da ESTG, e incluem acetatos A4 e elásticos”.

Foto: Divulgação / IPVC

As instituições beneficiárias “estão a ser referenciadas pela Câmara de Viana do Castelo, conseguindo assim ser mais fácil chegar às que mais necessitam deste equipamento”.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 109 mil mortos e infetou quase 1,8 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Dos casos de infeção, quase 360 mil são considerados curados.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 504 mortos, mais 34 do que no sábado (+7,2%), e 16.585 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 598 em relação a sexta-feira (+3,7%).

No distrito de Viana do Castelo, há 219 casos registados: Arcos de Valdevez (42), Caminha (9), Melgaço (14), Monção (11), Paredes de Coura (6), Ponte da Barca (4), Ponte de Lima (19), Valença (6), Viana do Castelo (104), Vila Nova de Cerveira (4).

Populares