Seguir o O MINHO

Barcelos

Alunos de escola degradada em Barcelos recusam usar casas de banho

EB1/JI de Pousa é frequentada por 40 crianças no jardim-de-infância e 80 no 1.º ciclo

em

Foto: MESA

Alguns alunos da Escola EB1/JI de Pousa, em Barcelos, recusam-se a usar as casas de banho da escola, devido ao “estado de deterioração tão elevado”.

A situação é denunciada num comunicado enviado a O MINHO pelo Movimento Escolas Sem Amianto (MESA), que vai juntar-se à manifestação que a comunidade educativa daquele estabelecimento de ensino tem marcada para a próxima quarta-feira, 29 de janeiro, a partir das 07:30 da manhã, e em que serão reivindicadas obras de requalificação urgentes, incluindo a remoção de amianto.

Foto: MESA

A EB1/JI de Pousa, segundo é apontado naquela nota, é constituída por edifícios com 40 e 50 anos, extremamente degradados, o que obriga as crianças a levar mantas para a escola para se protegerem do frio, conforme veio a público na semana passada.

“Embora tenha obras prometidas há mais de 15 anos, o projeto teima em não sair do papel, e a autarquia defende que o seu avanço está dependente da disponibilidade financeira do município”, fazem notar.

E acrescentam: “Os pais queixam-se da cobertura em amianto do edifício que acolhe o jardim-de-infância, que está tão degradada que é necessário colocar baldes por baixo para impedir que o piso alague”.

Mau estado de escola em Barcelos força crianças a levar mantas para o frio

De acordo com a associação de pais, a caixilharia, em madeira, está podre, permitindo correntes de ar que põem em causa a saúde das crianças, que, muitas vezes, ficam em casa doentes. As casas de banho estão num estado de deterioração tão elevado que muitas crianças se recusam a utilizá-las.

“É uma situação inaceitável o que se passa nesta escola, sobretudo por se tratar de materiais contendo amianto que há muito chegaram ao final do seu ciclo de vida”, avança André Julião, coordenador do Movimento Escolas Sem Amianto (MESA).

“Mais inaceitável ainda é haver um projeto pronto, orçado em 1,2 milhões de euros, que não avança por alegada indisponibilidade financeira da autarquia. Esta situação num município que tem um orçamento anual superior a 70 milhões de euros e num país que se prepara para aprovar um orçamento com superávite é surreal e totalmente incompreensível”, aponta o responsável do MESA.

“Se existe verba, quer no Governo, quer nas autarquias, é preciso agir já, deixando de lado eventuais brilharetes financeiros e dando prioridade, de uma vez por todas, à requalificação das escolas e à remoção de materiais com amianto, cumprindo a lei 2/2011 e todas as diretivas comunitárias que Portugal tem vindo a ignorar”, defende ainda André Julião.

A EB1/JI de Pousa é frequentada por 40 crianças no jardim-de-infância e 80 no 1.º ciclo.

Anúncio

Barcelos

Droga: Traficante detido e consumidores identificados em Barcelos

Em Alvelos

em

Foto: GNR

Um homem, de 44 anos, foi detido por tráfico de estupefacientes, esta segunda-feira, em Alvelos, Barcelos, anunciou hoje o Comando Territorial de Braga da GNR.

Em comunicado, a fonte indica que a detenção ocorreu durante uma operação de prevenção criminal, na qual os militares detetaram, na via pública, um homem já referenciado por tráfico, o qual acabaram por deter em flagrante a fazer uma transação.

Fruto disso, foram-lhe apreendidas 30 doses de cocaína, 13 doses de heroína e 38 euros em dinheiro. Foram ainda identificados dois consumumidores.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

Continuar a ler

Barcelos

Dois anos e quatro meses de prisão, suspensos, por tentativa de homicídio numa rixa em Barcelos

Na zona do Largo da Porta Nova, no centro da cidade

em

Foto: DR / Arquivo

Dois anos e quatro meses de prisão, suspensos na sua execução. Foi esta a pena aplicada pelo Tribunal de Braga a um homem de Barcelos, José Miranda, que foi julgado pela prática de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada.

O arguido fica, ainda, obrigado a pagar seis mil euros à vítima, Luís Ferreira, que é assistente (ofendido), no caso. Tem, ainda, de se sujeitar a um plano de reinserção social que será coordenado pelos técnicos da Direção-Geral de Reinserção Social.

O coletivo de juízes deu como provada a acusação que dizia que, na noite do crime, em dezembro de 2014, José Miranda e cinco amigos tentaram forçar diálogo com três amigas de Luís Ferreira, entre as quais a namorada, que estavam nas cercanias de um café-bar.

As mulheres rejeitaram a tentativa de conversa e o Luís Ferreira interveio pedindo ao José Miranda para se afastar. De seguida, o arguido partiu uma garrafa de cerveja contra a parede, colocando-a em riste e disse ao Luís Ferreira: “Tu ficas já aqui, filho da puta!”, espetando-lhe a garrafa na têmpora. Este facto obrigou-o a internamento hospitalar, causando-lhe uma ferida que resultou numa cicatriz de 7 centímetros.

Na ocasião, José Miranda apresentava uma taxa de alcoolémia de 1,44 g/l.

Continuar a ler

Barcelos

Consternação em Barcelos pela morte de jovem em acidente com ambulância

Diana Rego tinha 25 anos

em

Foto: DR

Diana Rego, de 25 anos, não resistiu aos ferimentos depois de ter colidido com uma ambulância e embatido contra o muro de uma habitação, ao final da manhã deste sábado, na freguesia de Cossourado, em Barcelos.

Mulher de 25 anos morre em colisão com ambulância em Barcelos

A jovem, natural de Panque, seguia ao volante da sua viatura, a caminho da freguesia de Silva, onde trabalhava numa pastelaria, quando, por razões desconhecidas, entrou em despiste, colidindo com uma ambulância INEM alocada aos Bombeiros de Barcelos, que circulava na direção oposta.

Foto: Vitor Vasconcelos / O MINHO

Após embater na ambulância, acabou por embater frontalmente contra uma parede, perdendo a vida quase de imediato.

Familiares da jovem receberam acompanhamento de uma equipa de psicólogos do INEM.

Foto: Vitor Vasconcelos / O MINHO

No auxílio estiveram os Bombeiros de Barcelos, meios do INEM e a GNR.

A Estrada Nacional 204 esteve cortada ao trânsito para as operações de socorro, sendo reaberta ao início da tarde deste sábado.

Foto: Vitor Vasconcelos / O MINHO

Ainda não há data para as cerimónias fúnebres.

Continuar a ler

Populares