Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Aluno do Politécnico de Viana vence “BIT Hackathon”, maratona criativa promovida pela SONAE

Competição que tem como objetivo transformar o futuro da Sonae MC através da tecnologia.

em

Foto: Divulgação / IPVC

Um aluno do curso de Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo venceu a maratona criativa BIT Hackathon 2018, promovida pela SONAE, tendo outro, dos três alunos da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG)  que participaram, arrecadado o terceiro lugar no pódio.

Edgar Simões, da equipa #23 (Sun Of a BIT), conseguiu o primeiro lugar na categoria da melhor aplicação da metodologia SCRUM e Pedro Silva, pela equipa #10 (HACK’STUDIO) alcançou o 3º Lugar – TOP 5 – SCRUM Teams. Além de Edgar Simões e Pedro Silva, alunos finalistas da licenciatura, participou ainda Miguel Vieito (aluno da licenciatura do 2º ano).

Segundo conta o Politécnico, em nota enviada a O MINHO, assim que viram o desafio do grupo SONAE, a maratona criativa BIT Hackathon 2018, uma competição que tem como objetivo transformar o futuro da Sonae MC através da tecnologia, não pensaram duas vezes e decidiram candidatar-se a um lugar numa das 33 equipas participantes.

“O Pedro viu o desafio disse logo que nós estávamos aptos a competir”, começa por revelar Edgar Simões. O desafio ia ser duro porque “trata-se de uma maratona criativa com duração de 24h com imensas equipas compostas por alunos de várias instituições de ensino superior assim como pessoas do próprio grupo Sonae”, explica o aluno do curso de Gestão que frequenta na ESTG do IPVC.

Neste caso específico, Edgar Simões, revela que a “inscrição dos alunos é feita a título individual” e por norma nenhum aluno da mesma universidade fica na mesma equipa, sublinhando que “é a organização do evento que faz o match entre os alunos e colegas da Sonae MC”.

Distribuídos por equipas Edgar Simões acabou por ter um desafio de “gamification”, ou seja, desenvolver uma estratégia de interação entre pessoas e as empresas e produtos do grupo SONAE que estimule e alicie o público com as marcas de maneira lúdica. Um projeto que levou a sua equipa #23 (Sun Of a BIT) a arrecadar o primeiro lugar primeiro lugar na categoria da melhor aplicação da metodologia SCRUM. Já Pedro Silva teve como desafio desenvolver algo que algo criativo que permitisse aos recém-chegados ao grupo SONAE se orientar e ficar a conhecer toda a estrutura. “De certa forma trata-se de uma ferramenta que vai auxiliar numa maior e melhor integração”. Um projeto da equipa #10 (HACK’STUDIO) que acabou por alcançar o 3º Lugar – TOP 5 – SCRUM Teams.

Para além da competição de 24 horas os participantes tiveram ainda a oportunidade de frequentar, durante dois dias, formações nos temas “Scrum & Agile” e “UX & Design Thinking”.

Populares