Seguir o O MINHO

Cávado

Aluno de conservatório de Barcelos admitido em universidade “das mais prestigiadas” do mundo

em

Um aluno do Conservatório de Música de Barcelos (CMB) foi admitido na Guildhall School of Music and Drama, em Londres, considerada uma das mais importantes universidades de artes do mundo, foi hoje divulgado.

Diogo Carlos, atualmente a frequentar o 12.º ano na Escola Secundária de Barcelos, deverá rumar a Londres em setembro de 2017, para começar a sua licenciatura de quatro anos em guitarra clássica.

“Conseguir um lugar numa das mais prestigiadas universidades do mundo é, além de um motivo de enorme orgulho, um passo muito importante para o meu futuro”, refere.

Sublinha que, por ano, são admitidos apenas “um ou dois alunos” para a classe de guitarra.

Diogo tem 17 anos, frequenta o Conservatório de Música de Barcelos e o seu sonho é ser instrumentista profissional e docente universitário.

Tem aulas no conservatório duas vezes por semana e nunca dedica menos de uma ou duas horas diárias à sua guitarra.

Alumni

Alumni da Guidhall School of Music and Drama em destaque no Google. Foto: Google

Como “ídolos”, destaca, entre outros, Robert Brightmore e David Miller, que, curiosamente, são professores na Guildhall School of Music and Drama e integraram o júri que determinou a sua admissão naquela universidade londrina.

Em Londres, ao mesmo tempo que frequenta a licenciatura, Diogo espera conseguir também “dar umas aulas”, para ajudar a custear as despesas.

Entretanto, vai também tentar alguma bolsa de estudo.

Um outro aluno do Conservatório de Barcelos, Fábio Fernandes, já tinha sido admitido, em 2014, na Guildhall School of Music and Drama.

 

 

 

Fundada em 1880, a Guildhall School of Music and Drama contempla cursos de música, ópera, teatro e artes teatrais.

Em 2005 e em 2007, recebeu o prémio Aniversário da Raínha de Inglaterra, em reconhecimento pelo seu programa de desenvolvimento e pelo programa de ópera das últimas duas décadas.

Foi considerada, pelo The Guardian, a instituição de ensino especializado n.º 1 no Reino Unido.

Integra o “top ten” das melhores instituições mundiais na área da performance em artes (QS World University Rankings 2016).

Tem mais de 900 alunos de cerca de 50 países diferentes.

Do Conservatório de Música de Barcelos saiu também, em 2012, João Lima, admitido na “Royal Academy of Music”, igualmente em Londres.

Diogo, Fábio e João foram todos alunos da classe do professor Francisco Gomes.

“Estes resultados refletem a qualidade de ensino ministrado no Conservatório de Música de Barcelos, bem como o empenho dos seus alunos”, refere um comunicado da instituição.

 

Notícia reformulada às 17h56 – 28/12

 

logo FacebookFique a par das Notícias de Barcelos. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares