Seguir o O MINHO

Alto Minho

Alto Minho passa a ter notas de zero euros

Turismo

em

Foto: Divulgação

O Alto Minho vai ‘ganhar’ uma nota de zero euros desenvolvida pela Euro Souvenir, à semelhança de outras relacionadas com Viana do Castelo, Ponte de Lima e Braga.

Estas notas não têm valor facial e não servem como meio de pagamento, mas devido à sua qualidade são uma recordação e um meio de promoção turística. Existem já em 40 países, depois de terem sido lançadas em França, no ano de 2015.

Segundo a empresa responsável pela sua comercialização, estas notas são Impressas por uma gráfica de notas bancárias oficial, com papel de moeda genuíno, marca de água, microimpressão, Simultouch, holograma, registo transparente, fio de segurança, fluorescência, tinta invisível e um número de série individual.

Em Portugal, a Euro Souvenir chegou em 2017 e já lançou cerca de 90 notas diferentes em território nacional, com uma tiragem total superior a meio milhão de unidades.

“Tem como principal foco a promoção turística das cidades, dos seus monumentos e das principais atrações e colabora atualmente com parceiros como Clubes de Futebol, Jardim Zoológico de Lisboa, TAP, Fundação Côa Parque, Museu do Caramulo, Castelo de Guimarães, entre muitos outros”, sublinha a empresa.

Esta nova nota será lançada esta segunda-feira e ficará à venda no Quiosque dos Ciganinhos, à entrada da ponte velha de Ponte de Lima, e também numa loja online (ver aqui).

A emissão é limitada a 3.000 notas.

Populares