Seguir o O MINHO

Ave

Alfa Pendular com destino a Braga descarrila e faz vítimas mortais

Acidente

em

Foto: DR

Um comboio Alfa Pendular descarrilou hoje na Linha do Norte, no concelho de Soure, distrito de Coimbra, após colisão com uma máquina de trabalho, afirmou à agência Lusa fonte da Proteção Civil.


O comboio tinha como destino a estação de Braga onde deveria chegar pelas 17:30. A partida deu-se em Santa Apolónia pelas 14:00 horas.

Efetuava paragens em Famalicão (17:13) e em Nine (17:19).

Foto: Diogo Leite

O descarrilamento do comboio, que seguia no sentido Sul-Norte, ocorreu após o embate entre o Alfa Pendular e uma máquina de trabalho, tendo o alerta sido dado às 15:30, afirmou fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

O embate terá ocorrido na zona de Casalinhos, concelho de Soure.

De acordo com a mesma fonte, estão envolvidos 39 veículos com 110 operacionais.

“Há meios já no local e outros a caminho”, disse fonte da ANPC.

As duas vítimas mortais no descarrilamento eram os operadores da máquina da REFER, afirmou o comandante Distrital de Operações de Coimbra.

O descarrilamento provocou ainda seis feridos graves e 19 feridos ligeiros, disse Carlos Luís Tavares, que fazia um ponto de situação no local.

De acordo com o comandante, as duas vítimas mortais eram os únicos ocupantes da máquina da REFER – Rede Ferroviária Nacional.

Dos 212 passageiros do Alfa Pendular, registam-se seis feridos graves, sendo que nenhum corre risco de vida, acrescentou.

“Já evacuámos para diferentes hospitais dez vítimas. Não temos já qualquer passageiro no Alfa Pendular”, referiu, salientando que falta desencarcerar uma das vítimas mortais da máquina de trabalhos.

As vítimas ilesas foram encaminhadas para o Pavilhão Gimnodesportivo de Soure, onde estão a ser alvo de triagem por parte do INEM, retomando a sua viagem em Alfarelos, assim que tiverem alta, explicou.

Carlos Luís Tavares referiu que o número de vítimas mortais e feridos graves está “fechado”, podendo haver ainda algumas alterações quanto ao número de feridos ligeiros.

Segundo a médica do INEM Paula Neto, há duas crianças entre os feridos ligeiros, sendo que uma já foi transportada para o Hospital Pediátrico de Coimbra.

“Temos também as nossas equipas de apoio psicológico a acompanhar as pessoas que estão no Pavilhão Gimnodesportivo”, disse.

Marcelo Rebelo de Sousa, através do portal da Presidência, lamenta o “grave acidente ferroviário”, apresentando “sentidas condolências aos familiares e amigos das vítimas mortais e desejando rápidas melhoras aos numerosos feridos”.

(notícia atualizada às 18h53 com mais informação)

Anúncio

Ave

Dominado e em resolução grande incêndio que lavrou em Cabeceiras de Basto

Incêndio

em

Foto cedida a O MINHO

O grande incêndio que lavrou durante esta tarde na localidade de Cavez, em Cabeceiras de Basto, está, pelas 22:00 horas desta sexta-feira, dominado e em resolução, disse a O MINHO o CDOS de Braga.

O forte vento e a dificuldade de acessos fez com que o combate fosse prolongado até ao cair da noite, mas os cerca de 200 bombeiros de várias corporações do distrito (apoiados pela Força Especial de Bombeiros e pelos militares da UPES da GNR) conseguiram pôr cobro ao pior.

Para além dos operacionais, estiveram no combate 68 viaturas e, pelo menos, cinco meios aéreos.

Continuar a ler

Ave

Condutor encarcerado após capotar em Famalicão

Acidente

em

Foto: Facebook de Bombeiros de Famalicão

Um homem ficou encarcerado dentro da viatura que conduzia depois de ter entrado em despiste, ao final da manhã desta sexta-feira, em Famalicão.

O acidente ocorreu na rua António Vinhas, que liga Outiz a Ribeirão, por motivos que estão ainda por apurar.

Para o local acorreram os Bombeiros de Famalicão com uma ambulância e uma viatura de desencarceramento.

Fonte dos bombeiros disse a O MINHO que foi necessário desencarcerar o homem por este ter ficado preso no lugar do condutor.

Depois de resgatado e estabilizado, o homem foi transportado para o Hospital de Famalicão com ferimentos considerados ligeiros.

A GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Ave

Grande incêndio em Cabeceiras de Basto ameaça habitações

Incêndio florestal

em

Foto cedida a O MINHO

O incêndio florestal que deflagrou na quinta-feira em Cavez, concelho de Cabeceiras de Basto, voltou a reacender durante a tarde desta sexta-feira, tomando proporções descontroladas.

No local estão mais de 100 operacionais apoiados por 31 viaturas e quatro meios aéreos.

Foto cedida a O MINHO

Foto cedida a O MINHO

Segundo disse a O MINHO fonte dos bombeiros, as chamas rondam habitações que estão a ser protegidas pelos bombeiros,

(em atualização)

Continuar a ler

Populares