Seguir o O MINHO

Póvoa de Lanhoso

Aldeia de Póvoa de Lanhoso volta a exibir presépios elaborados pelos moradores

Programa “Póvoa de Natal 2018”.

em

Foto: Divulgação / Arquivo

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, a Fábrica da Igreja Paroquial de Garfe e a Junta de Freguesia de Garfe procedem, este domingo, à abertura Oficial de “Garfe, Aldeia dos Presépios”, iniciativa em que cerca de duas dezenas de presépios elaborados pelos respetivos moradores irão estar espalhados pelos vários lugares da aldeia.

Trata-se da 17.ª edição de “Garfe, aldeia dos presépios”, iniciativa que será complementada com a exposição de uma coleção privada de presépios do pároco daquela freguesia, padre Luís Fernandes. Uma coleção que conta com 1.250 presépios, de vários tamanhos e oriundos de diversos países, numa mostra ficará junto ao presépio de Salgueiros.

O Município adiantou que o programa do evento natalício começa pelas 14:30 com a saída das fanfarras de Garfe e Arosa; às 15:00 dá-se a abertura de “Garfe, Aldeia dos Presépios”, seguida da apresentação teatral de “O Natal da Toupeira Carlota” pelos Serviços Educativos da CMPL e antes da Eucaristia na Igreja Paroquial, às 16:00 horas.

Esta iniciativa enquadra-se no programa “Póvoa de Natal 2018”, apresentado na terça-feira, que promete levar “muita alegria e movimento ao concelho”.

Para além das iniciativas habituais, este ano, a aposta passa também por reforçar o programa específico para a Praça Eng.º Armando Rodrigues na Vila, a pensar na sua importância para o comércio local.

“Estamos no caminho certo. Este ano, o Natal vai ser diferente na Póvoa de Lanhoso”, assegurou o autarca, Avelino Silva.

No centro da Vila estará colocada uma tenda gigante para acolher grande parte da programação.

Para além da Inauguração da Iluminação de Natal e da Chama de Natal, a 08 de dezembro, nos Paços do Concelho, o programa prevê ainda a decoração do Pinheiro de Natal Comunitário, no dia 09, com a colaboração de utentes de IPSS’s, Centros de Convívio e expositores do Mercado da Terra.

Está ainda previsto haver um Presépio Vivo itinerante, entre 15 e 23 de dezembro, e diversas atividades específicas para crianças, como o abraço ao Pai Natal, em permanência, DiscoKids, a 22 de dezembro e o conto de Natal, a 23.

A Parada de Natal, no dia 16, com a participação de coletividades desportivas do concelho, será outro momento alto, que pretende incentivar a população a fazer as suas compras no comércio local.

Os Concertos de Natal, dia 08 de dezembro, pelo Coro da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso, e dia 23 de dezembro, por jovens talentos Povoenses e instituições que pretendam participar são outras das propostas.

Está ainda prevista mais uma edição dos Fãs do Vinil, iniciativa com caráter solidário agendada para 22 de dezembro, e do Mercado da Terra, já no dia 09 de dezembro.

A animação de rua com música, dança, insufláveis, doces de natal, por exemplo, também estará presente nos diversos fins de semana até ao dia 23 de dezembro.

A programação arranca esta sexta-feira, 06 de dezembro, com a apresentação do Musical “O corcunda de Notre Dame”, no Auditório Prozis, em Fontarcada.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Póvoa de Lanhoso

Póvoa de Lanhoso: As mensagens de despedida a Manuel Baptista

em

Várias mensagens encheram hoje as redes sociais após a notícia da morte de Manuel Baptista, antigo Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, eleito pelo PSD, ex-líder da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Ave e vereador no corrente mandato na autarquia.

Município da Póvoa de Lanhoso

Avelino Silva, Autarca da Póvoa de Lanhoso

Ricardo Rio, Autarca de Braga

Paulo Cunha, Autarca de Famalicão

Manuel Baptista (1959-2019): Pai do cheque bebé, exemplo nacional nas políticas sociais

Emídio Guerreiro, Deputado (Guimarães)

Jorge Paulo Oliveira, Deputado (Famalicão)

Humberto Carneiro, Provedor da Santa Casa da Póvoa de Lanhoso

PSD Póvoa de Lanhoso

José Manuel Fernandes, Presidente da Distrital do PSD/Braga

GD Porto D’Ave, Póvoa de Lanhoso

Paulo Gago, Presidente da Junta de Fonte Arcada

 

Continuar a ler

Póvoa de Lanhoso

Manuel Baptista (1959-2019): Pai do cheque bebé, exemplo nacional nas políticas sociais

Natural de Guimarães, ainda pequeno instalou-se com a família na Póvoa de Lanhoso. Entre 2005 e 2017, foi Presidente da Câmara. Morreu hoje, com 59 anos

em

Manuel José Torcato Soares Baptista é natural de Urgezes, Guimarães, mas desde pequeno instalou-se com a família em Porto D’Ave, freguesia de Taíde, onde fez todo o seu percurso académico.

Com 59 anos, era empresário do ramo têxtil.

Com uma vida muito ligada ao associativismo foi presidente do Grupo Desportivo de Porto D’ Ave antes de se tornar presidente da Junta da Freguesia da Póvoa de Lanhoso.

Durante 12 anos (2005-2017) foi Presidente da Câmara, ganhando sempre por largas maiorias.

Pela sua mão, Póvoa de Lanhoso foi um dos primeiros concelhos do país a implementar o cheque bebé, medida várias vezes destacada a nível nacional. Aliás, as políticas sociais foram sempre a sua prioridade. Era muito acarinhado pelo povo e deixou o cargo por limitação de mandatos.

Em setembro de 2018 foi homenageado no dia do concelho.

Na altura, o atual presidente, Avelino Silva, referiu-se a ele dizendo: “Durante três mandatos, a Câmara foi sempre a sua primeira prioridade, entregando-se de corpo e alma às funções de presidente, com claro prejuízo para a sua vida pessoal e profissional. O Baptista trouxe para a política a dimensão humana e social que tantas vezes falta aos líderes políticos. A sua gestão marcou pela positiva uma fase importante da nossa história recente. Os Povoenses reconheceram-lhe a capacidade de trabalho e a sua sensibilidade para os problemas das famílias mais desprotegidas”.

“Foram anos onde a Póvoa de Lanhoso se tornou um exemplo nacional nas políticas sociais, o que diz muito da sua forma de ser. O Batista foi um Presidente respeitado pelo país fora, nomeadamente na CCDR, o que muito ajudou a conseguir investimento para o nosso concelho. Teve, também, o respeito dos seus colegas na comunidade do Ave, que o escolheram para liderar a CIM, numa altura fundamental de negociação do novo quadro comunitário”.

Foto: Arquivo

A terminar referiu que “o Manuel Baptista é um líder admirado e acarinhado pelos povoenses. E hoje queremos agradecer-lhe tudo que fez e que continua a fazer pelo desenvolvimento da nossa terra”.

Póvoa de Lanhoso: As mensagens de despedida a Manuel Baptista

Atualmente, Manuel Baptista era vereador com os pelouros da Gestão urbanística e fiscalização municipal,
planeamento e ordenamento do território, gestão da qualidade e contraordenações.

Morreu hoje, 15 de fevereiro de 2019, vítima de doença.

O Município da Póvoa de Lanhos decretou três dias de luto nacional.

O corpo ficará em câmara ardente nos Paços do Concelho.

O funeral realiza-se no próximo domingo, pelas 15:30 na Igreja Paroquial de Taíde.

Continuar a ler

Póvoa de Lanhoso

Ex-presidente da Câmara da Póvoa de Lanhoso Manuel Baptista morreu aos 59 anos

Município decretou três dias de luto municipal

em

Foto: DR

O ex-presidente da Câmara da Póvoa de Lanhoso Manuel Baptista morreu na madrugada de hoje, aos 59 anos, vítima de doença oncológica, disse à Lusa fonte municipal.

Manuel Baptista foi presidente daquela Câmara entre 2005 e 2017, sempre eleito pelo PSD.

Nas últimas eleições autárquicas, não se pôde recandidatar, por causa da lei de limitação de mandatos, mas integrou a lista do PSD em segundo lugar, tendo sido eleito vereador.

Manuel Baptista (1959-2019): Pai do cheque bebé, exemplo nacional nas políticas sociais

O município decretou três dias de luto municipal.

O corpo ficará em câmara ardente nos Paços do Concelho.


Nota de Redação

Neste momento de luto, endereçamos os nossos mais profundos sentimentos ao Município da Póvoa de Lanhoso pela morte de Manuel Batista, que nos apanhou de surpresa e à qual não conseguimos ficar indiferentes.

Em nome de O MINHO,
Thiago Correia

(Diretor)

Continuar a ler

Populares