Seguir o O MINHO

País

Air France aumenta oferta para Portugal em quase 25% face ao verão de 2019

Economia

em

Foto: DR / Arquivo

A Air France vai aumentar a oferta para Portugal neste verão “em quase 25%” face a 2019, com o país a par da Grécia, Espanha e Itália, como um dos destinos de lazer privilegiados pela companhia na Europa.

Em comunicado divulgado hoje, a Air France refere que, com a reabertura gradual das fronteiras francesas e o levantamento de certas restrições de viagem resultantes da pandemia de covid-19, pretende “servir quase 200 destinos em todo o mundo, dos quais mais de 110 em França, Europa e Norte da África”.

Desde Portugal, esses destinos podem ser alcançados a partir de Lisboa, Porto ou Faro (desde 06 de junho passado), via ‘hub’ da companhia em Paris-Charles de Gaulle.

Na sua rede de curto e médio curso, e além do seu programa habitual, a Air France adianta que “vai propor 81 rotas sazonais este verão, das quais 23 são novas”.

“Vão ser oferecidas mais de 40 ligações estivais na rede doméstica, a partir de Paris e de região a região, em particular para a Córsega, que este verão vai estar ligada sem escalas a Paris, Bordéus, Caen, Lille, Lyon, Pau, Rennes, Estrasburgo e Nantes”, precisa.

Na Europa, “esta oferta vai focar-se essencialmente nos destinos de lazer, como Portugal, Grécia, Espanha e Itália, a partir de Paris e das regiões francesas”, sendo que, “no global e face ao verão de 2019, a Air France vai aumentar a sua oferta para a Grécia em quase 80% e para Portugal em quase 25%”.

No longo curso, a companhia refere que “o levantamento das restrições para a maioria dos destinos ultramarinos vai permitir fortalecer a oferta nessas rotas essenciais à continuidade territorial”.

Assim, este verão a Air France vai assegurar até três voos/dia para Pointe-à-Pitre (Guadalupe), Fort-de-France (Martinica) e Saint-Denis da Reunião a partir de Paris-Orly e Paris-Charles de Gaulle, permitindo ligações para toda a rede da Air France.

De acordo com a companhia, nos meses de julho e agosto o programa de voos previsto “vai representar 65% da capacidade operada no mesmo período em 2019, contra os 40% em maio”.

Para acompanhar o aumento das frequências, a Air France adianta que as suas equipas de manutenção “estão a trabalhar arduamente para retirar do armazenamento 10 aviões de médio curso e 12 de longo curso”.

O objetivo é que, no total, estejam em atividade este verão 181 aviões da Air France.

Populares