Seguir o O MINHO

Ave

Água vai continuar a galgar nova ponte sobre o rio Selho em Guimarães, alerta junta

Antiga estrutura ruiu em dezembro

em

Foto: Junta de Creixomil

A Câmara de Guimarães instalou, na passada terça-feira, uma nova ponte sobre o rio Selho, em Creixomil, depois de a antiga ter ruído com uma tempestade em dezembro. A Junta está satisfeita com a conclusão da obra, mas alerta que a água irá continuar a galgar a ponte quando houver chuvas mais fortes.

Nas redes sociais, a Junta de Creixomil congratulou-se com a nova ponte, “pese embora a demasiada demora na empreitada”.

“Após a sua colocação, o Presidente da Junta alertou os responsáveis de que a nova Ponte ficou alguns centímetros mais próxima do rio e que com as fortes chuvas irá com toda a certeza galgar a ponte. Fica o reparo para eventuais correções”, lê-se na página de Facebook da autarquia.

Contactado por O MINHO, o autarca de Creixomil, António Gonçalves, nota que, “de qualquer forma, já galgava antes e vai continuar a galgar”.

“Esta ponte tem mais resistência e tem mais corpo. Para conseguir a cota certa para a mobilidade, houve a necessidade de roubar um bocado ao leito do rio, mas isso era incontornável”, refere o António Gonçalves, salientando que, “obviamente”, alertou o presidente da Câmara, Domingos Bragança.

“Ainda há dias falava com o presidente sobre essa questão: se houver alguma possibilidade de corrigir, de conseguir uma cota um pouco mais alta, com certeza que o faremos”, aponta o autarca, considerando que “está uma ponte bem conseguida, com uma boa arquitetura e com segurança quanto baste, que é isso que se pretende”.

A ponte antiga era mais frágil e começou a ceder, acabando por ruir em dezembro. A nova estrutura tem maior segurança. “A base da ponte tem cerca de 80 centímetros e naturalmente que roubou algum espaço ao leito do rio, mas é uma questão de segurança”, acentua.

“O importante era restabelecer a ligação das margens que estava a causar-nos muito transtorno, a todos os que estavam habituados a usar o caminho Real, naquela zona que é lindíssima”, conclui o autarca.

Aquele espaço é bastante procurado para a prática de actividades desportivos e de lazer

Populares