Seguir o O MINHO

Braga

Agere dá crédito aos munícipes afetados pelos incêndios em Braga

em

Foto: Nuno Cerqueira

Na sequência dos incêndios que assolaram o concelho de Braga no passado fim-de-semana, a Agere, e em articulação com a Câmara de Braga, entendeu avançar com um crédito do consumo de água excedente e das respetivas taxas.

A medida solidária, e segundo Rui Morais, administrador da Agere, pretende “ajudar todos os munícipes das freguesias mais afetadas que tiveram de recorrer ao abastecimento de água própria para se protegerem a si e aos seus bens“.

“Desta forma avançamos para um crédito do consumo de água excedente e das respetivas taxas”, frisou Rui Morais.

As populações que sofreram mais com os incêndios, e que se juntaram elas próprias aos bombeiros no combate nas diversas frentes, não devem ser penalizadas pelo elevado consumo de água verificado nesses dias.

“Assim, a AGERE decidiu atribuir um crédito na fatura aos munícipes que tenham tido um consumo superior à média do último ano. O referido crédito será igual ao consumo excedente à média verificada. Entende a AGERE que esta é uma forma de minimizar os custos com os consumos de água, na prestação de um serviço público, que evitou danos maiores no concelho”, apontou o administrador da Agere.

 

Populares