Seguir o O MINHO

Desporto

Dirigente do ABC Braga acusado de atentado à liberdade de informação

Impediu equipa do Porto Canal de cobrir jogo de andebol

em

Foto: DR

O Ministério Público (MP) acusa um dirigente do ABC Braga de um crime de atentado à liberdade de informação por ter impedido uma equipa de reportagem do Porto Canal de realizar, em dezembro de 2017, a cobertura do jogo entre a equipa bracarense e o FC Porto.

De acordo com despacho do passado dia 29 de março, o MP considera indiciado que o arguido, no dia 06 de dezembro de 2017, “atuando enquanto vice-presidente do conselho de administração do ABC Braga Andebol SAD, impediu que uma jornalista e o repórter de imagem do Porto Canal acedessem ao pavilhão desportivo sito no Parque da Ponte, em Braga, para efeitos de cobertura jornalística do jogo de andebol entre o ABC Braga Andebol SAD e o Futebol Clube do Porto”.

O MP acrescenta que o arguido manteve a recusa mesmo após lhe ter sido exibida pela jornalista a credencial de acesso emitida pela Federação Portuguesa de Andebol.

Populares