Seguir o O MINHO

SC Braga

Abel pede a Salvador que adeptos paguem “meio bilhete” até final da época

em

Adeptos do SC Braga. Foto: Arquivo/DR

Abel Ferreira, treinador do SC Braga, falou, em conferência de imprensa no final do jogo contra o Paços de Ferreira, da 13ª jornada da I Liga de futebol, em que a sua equipa venceu, por 3-0.

 

(Adeptos foram 12º jogador?) “Pedimos e eles vieram, ajudaram-nos muito, é fantástico ver as bancadas de vermelho. Lanço aqui o desafio ao presidente de, até ao final da época, fazer um desconto e que estes adeptos possam vir com meio bilhete, vou falar com ele para lançar essa campanha”.

(Sobre o jogo)  “Entrámos muito fortes, com uma grande dinâmica e circulação de bola, a obrigar o adversário a fechar os corredores e a abrir espaços. Fomos criando oportunidades e o golo apareceu, foi fantástico, numa grande jogada, mas, com todos a festejar, em grande ambiente, foi anulado e isso sentiu-se, de facto, marcou a equipa na parte mental.

Ao intervalo, disse-lhes que tínhamos que puxar a fita atrás e manter o que fizemos de bom até àquele momento.

Podia haver alguma preocupação pelo muito público presente, mas somos nós que temos que mandar no jogo.

Na segunda parte, a equipa mostrou a força física, mental e anímica que tem e os dados estatísticos dizem que é tremenda nos últimos 15 minutos”.

(Expulsão decidiu?) “É verdade, é menos um jogador, não posso fugir a isso, mas faz parte das contingências do jogo. No último jogo, ficámos sem dois jogadores por entradas violentas sobre eles, o Fransérgio e o Paulinho, que levou três porradas seguidas.

Estamos para ser cordiais, para disputar a bola dentro dos limites e defender o espetáculo e os jogadores”.

(A dois pontos do terceiro classificado) “Tenho sido politicamente correto, mas eu quero é que valorizem o que o Braga está a fazer, a qualidade, a variabilidade e a dinâmica do seu jogo, o resto não me interessa, não prevejo o futuro.

Sei que, se jogarmos bem, estamos mais próximos de ganhar. Esta equipa tem quatro ou cinco meses, tem grandes jogadores, mas jovens, como o seu treinador. Estamos a construir uma equipa para algo mais e ela vai crescendo jogo a jogo”.

(Só tem um defesa central, Bruno Viana, para jogo da Liga Europa, quinta-feira, com Basaksheir) “Vamos jogar com 11. Temos o Lucas, da equipa B, e duas soluções internas, vamos avaliar a condição física dos jogadores”.

Anúncio

Populares