Redes Sociais

Acusados de 100 furtos em lojas remetem-se ao silêncio no Tribunal de Braga

Braga

Acusados de 100 furtos em lojas remetem-se ao silêncio no Tribunal de Braga

Os arguidos acusados da coautoria de uma centena de furtos em estabelecimentos comerciais, recorrendo a sacos forrados a alumínio para “fintar” os sistemas de alarme, remeteram-se hoje ao silêncio, no início do julgamento, no Tribunal Judicial de Braga.

O processo conta com 38 arguidos, todos de um país de leste, mas nesta primeira fase apenas estão a ser julgados 12, metade dos quais se encontra em prisão preventiva.

Os restantes serão julgados em separado, porque não houve a possibilidade de os notificar, uma vez que as moradas que deram às autoridades já estão desatualizadas.

Dos 12 em julgamento, apenas compareceram em tribunal os 6 que estão em prisão preventiva (duas mulheres e quatro homens).

Cada um dos arguidos é acusado da coautoria de uma centena de furtos qualificados, em centros comerciais, hipermercados e ourivesarias de todo o país, entre 2006 e 2014.

Nove deles, entre os quais todos os que se encontram em prisão preventiva, foram detidos a 13 de outubro de 2014, pela PSP do Porto.

Segundo a acusação, deduzida pelo Ministério Público, os arguidos organizaram-se para levar a cabo furtos em estabelecimentos comerciais, sobretudo em shoppings e hipermercados.

Enquanto uns distraíam os funcionários, outros, sobretudo as mulheres, metiam produtos em sacos e bolsas forrados a alumínio, conseguindo assim passar pelos sistemas de alarme das lojas sem serem “denunciados”.

Terão também utilizado um inibidor eletrónico de alarmes.

Furtavam de tudo um pouco, desde roupa a bebidas, passando por perfumes, artigos desportivos, ouro e pequenos eletrodomésticos.

No total, terão causado prejuízos que ascendem a mais de 100 mil euros.

Os furtos terão ocorrido em lojas em Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Guimarães, Grande Porto, Coimbra, Leiria e Algarve, entre outras localidades.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Braga