Seguir o O MINHO

Futebol

“Acredito que hoje será o dia da viragem”

Ivo Vieira

em

Foto: DR

Declarações dos treinadores após o jogo Vitória SC – Vitória de Setúbal (2-0), da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado em Guimarães:


Ivo Vieira (treinador do Vitória SC): “Esta retoma não foi benéfica naquilo que foram os resultados e a qualidade da equipa, por responsabilidade minha. Após quatro jogos sem conseguir amealhar três pontos, era fundamental conseguir uma vitória. Conseguimo-lo de forma esclarecedora. Fomos a melhor equipa em campo e o resultado de 2-0 espelhou isso. Acredito que hoje será o dia da viragem na qualidade e nos resultados da equipa.

Não é fácil estarmos a contextualizar o rendimento da equipa, devido a esta paragem. Há jogadores que, mesmo após o reatamento do campeonato, tiveram algumas mazelas e mialgias, o que fez com que não pudessem competir quando os jogos chegaram, como o André André. Mas a equipa deu uma resposta cabal no domínio do jogo, na procura do golo, nuns momentos com mais qualidade, noutros com menos.

Qualquer treinador faz ‘mexidas’ para acrescentar. Hoje, conseguimos lançar um atleta que conseguiu fazer um golo [Ouattara]. No passado, foram uns. No futuro, podem ser outros. Os jogadores mostraram compromisso e é isso que se pede nos jogos e nos treinos.

Não tivemos jogos, nem teremos jogos fáceis. A vitória contra outro histórico [Vitória de Setúbal] traz moral. Vamos continuar a perseguir o objetivo de forma natural. Não vamos desistir enquanto for matematicamente possível.

[O rendimento exibido por Marcus Edwards] tem a ver com a instituição em si, Vitória, com o treinador que recebe e consegue perceber o atleta e também com a proteção que o grupo faz sobre o atleta. O Marcus é um jogador que faz coisas maravilhosas com bola, mas há aspetos do jogo em que pode melhorar. Ele foi crescendo ao longo dos 47 jogos de competição que já temos. Pode ser uma mais-valia em termos financeiros para o clube, mas há outros [jogadores que também podem]. Os jogadores estão a ser rentabilizados e isso faz parte da minha função. Mas o rendimento é, sobretudo, mérito dos jogadores e do plantel.

[A gravação de uma conversa privada em que o treinador esteve envolvido] é uma questão que está entregue ao departamento jurídico”.

Vitória triunfa e regressa à luta pelos lugares europeus

Julio Velázquez (treinador do Vitória de Setúbal): “Neste momento, todos os jogos são de capital importância. Estávamos a fazer algumas coisas bem e muitas coisas mal. Sou o máximo responsável [da equipa]. Hoje, vi as declarações de antevisão do treinador do Gil Vicente [Vítor Oliveira], e há coisas que não estão bem feitas. Não podíamos pensar que a manutenção estava conseguida. Estamos numa dinâmica má, com jogos de três em três dias.

Há situações que, emocionalmente, nos custam. O Leandrinho, quando é expulso, não vê o jogador do [Vitória de] Guimarães. Achei o vermelho exagerado. Dói muito. Mas temos de trabalhar mais. Houve jogadores que trabalharam de forma excecional, mas não fomos equipa o suficiente. Estamos a fazer as coisas mal, dentro e fora de campo. Não estamos no caminho certo.

Poderíamos ter conseguido um ponto ou três pontos, porque o jogo estava equilibrado. O adversário faz um golo contra a corrente, algo que já aconteceu com o Santa Clara [empate 1-1] e com o Boavista [derrota por 3-1]. Há equipas que estão a lutar connosco em dinâmica ascendente e nós estamos em dinâmica descendente.

Neste jogo, temos de jogar 90 minutos 11 contra 11. Não conseguimos jogar os 90 minutos 11 contra 11. Mas são situações que acontecem no futebol, com várias equipas. Quando uma equipa está com imensos problemas, é ainda pior.

Para conseguirmos o nosso objetivo, como outras sete equipas da I Liga, temos de correr mais do que o adversário durante 97 minutos. A partir daí, há situações difíceis que nos têm acontecido nos últimos jogos não são por acaso, por razões emocionais.

Não é uma questão de trabalho mental [para recuperar a equipa para o próximo jogo, com o Paços de Ferreira]”.

Anúncio

Futebol

Liga dos Campeões: António Costa espera grande momento desportivo em Lisboa

Futebol

em

António Costa. Foto: Twitter

O primeiro-ministro António Costa saudou as equipas presentes na inédita ‘final a oito’ da Liga dos Campeões de futebol, entre hoje e 23 de agosto, esperando que se concretize num grande momento desportivo em Lisboa.

“Gostaria de dirigir uma mensagem de boas-vindas às oito equipas que vão disputar em Portugal a ‘final a oito’ da Liga dos Campeões, no fim desta época 2019/20, tão especial e tão diferente de anos anteriores. Temos em Lisboa as oito melhores equipas de futebol da Europa e quero que este torneio seja um grande momento desportivo”, afirmou António Costa.

A fase final da principal competição continental de clubes arranca hoje, às 20:00, em Lisboa, com o embate entre os italianos da Atalanta e os franceses do Paris Saint-Germain, no Estádio da Luz, para os quartos de final.

Seguem-se, até sábado, os restantes embates desta fase, disputada a um só jogo e sem público, e as meias-finais, nas próximas terça e quarta-feira, nos estádios José Alvalade e da Luz, que vai acolher a final, em 23 de agosto.

Este foi o formato encontrado para fazer face à pandemia de covid-19, que levou à suspensão de quase todos os campeonatos, tendo a UEFA escolhido a capital portuguesa para receber esta inédita fase final, que tinha o embate decisivo marcado para Istambul.

“É uma grande honra podermos receber este evento, que, por um lado demonstra a extraordinária capacidade organizativa de Portugal e da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), demonstrada desde o Euro2004 (…), mas é também uma forma de reconhecimento da UEFA como o local mais seguro para receber a competição”, prosseguiu Costa.

Na mensagem de boas-vindas, a primeiro-ministro reconheceu a frustração pela ausência de público nos estádios, deixando, mesmo assim, um convite à visita ao país.

“Quem quer que venha, seja para a competição, ou para férias, ou por outra razão, é muito bem-vindo a Portugal e poderá estar em segurança em Portugal”, rematou Costa.

Continuar a ler

Futebol

Vitória SC recorre do castigo de um jogo à porta fechada

Distúrbios em partida com o Benfica

em

Foto: DR / Arquivo

O Vitória SC vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada imposto pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) na terça-feira, confirmou hoje à Lusa fonte oficial dos minhotos.

A punição respeita aos distúrbios ocorridos no jogo entre Vitória e Benfica, relativo à 15.ª jornada da I Liga portuguesa e disputado em 04 de janeiro, em Guimarães, com um triunfo ‘encarnado’, por 1-0.

Os primeiros desacatos no Estádio D. Afonso Henriques surgiram após o golo do argentino Cervi, aos 23 minutos, com arremessos de tochas e de cadeiras entre um setor da bancada Nascente, reservado a adeptos vitorianos, e um outro da Norte, reservado a aficionados benfiquistas, que obrigaram a Polícia de Segurança Pública (PSP) a intervir e interromperam a partida por três minutos.

O desafio voltou a ser interrompido ao minuto 45, nos instantes finais da primeira parte, quando algumas cadeiras foram arremessadas de um setor vitoriano, e nos intervalos entre os minutos 61 e 63 e também 81 e 83, quando algumas tochas caíram no relvado a partir do setor ‘encarnado’.

Num comunicado emitido na terça-feira, o CD da FPF puniu ainda os vimaranenses com uma multa de 29.631 euros e as ‘águias’ com uma multa de 34.068 euros.

O Benfica foi ainda condenado a pagar ao Vitória os “danos causados num painel LED de publicidade”, refere o comunicado.

Continuar a ler

Futebol

Covid-19: Barcelona anuncia infetado em grupo onde está Trincão

Ex-SC Braga

em

Francisco Trincão. Foto: SC Braga

Um dos nove futebolistas do FC Barcelona que estão a iniciar a pré-temporada testou positivo à covid-19, informou hoje o clube, acrescentando que estes jogadores não contactaram com a equipa que vai disputar a Liga dos Campeões.

O português Trincão (ex-SC Braga) é um dos jogadores que integra este grupo no emblema catalão, juntamente com Pedri, Rafinha, Aleñá, Oriol Busquets, Miranda, Matheus Fernandes, Todibo e Wague.

De acordo com o clube, o jogador em causa está assintomático e a cumprir isolamento domiciliário, não tendo tido contacto com a comitiva que vai viajar na quinta-feira para Lisboa, onde vai disputar a ‘final a oito’ da ‘Champions’.

O FC Barcelona defronta os alemães do Bayern Munique, na sexta-feira, a partir das 20:00, no Estádio da Luz, em Lisboa, o jogo dos quartos de final.

Continuar a ler

Populares