Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

Acenderam-se as Feiras Novas de Ponte de Lima

FOTOGALERIA

em

Foto: O MINHO

Centenas de concertinas e largos milhares de pessoas deram, esta quarta-feira às noite, o pontapé de saída para mais umas Feiras Novas, festas do concelho de Ponte de Lima, no dia que passou a ser de abertura oficial da iluminação, o que aconteceu após um espetáculo de luz e som na ponte medieval.

Passeio 25 de Abril. Foto: O MINHO

Rodas de Vira. Foto: O MINHO

Passeio 25 de Abril. Foto: O MINHO

Churros e farturas. Foto: O MINHO

Arco principal. Foto: O MINHO

Ponte medieval. Foto: O MINHO

Ponte e Igreja de Santo António. Foto: O MINHO

Concertinas. Foto: O MINHO

Concertinas. Foto: O MINHO

Largo de Camões. Foto: O MINHO

Arco principal. Foto: O MINHO

Matilde. Foto: O MINHO

Rua Cardeal Saraiva. Foto: O MINHO

Igreja Matriz. Foto: O MINHO

Rua Cardeal Saraiva. Foto: O MINHO

Rua de Souto. Foto: O MINHO

Rua de Souto. Foto: O MINHO

Rua da Abadia. Foto: O MINHO

T-shirt 2019. Foto: O MINHO

Paços do Concelho. Foto: O MINHO

Avenida António Feijó. Foto: O MINHO

Rua Inácio Perestrelo. Foto: O MINHO

Rua Cândido da Cruz. Foto: O MINHO

Largo António Magalhães. Foto: O MINHO

Largo António Magalhães. Foto: O MINHO

Rua de Souto. Foto: O MINHO

Largo da Matriz. Foto: O MINHO

Largo de S. José. Foto: O MINHO

Rua Inácio Perestrelo. Foto: O MINHO

Largo de S. José. Foto: O MINHO

Rua Beato Francisco Pacheco. Foto: O MINHO

Largo de Camões. Foto: O MINHO

Rua do Rosário. Foto: O MINHO

T-shirt 2019. Foto: O MINHO

Largo de São João. Foto: O MINHO

Largo de São João. Foto: O MINHO

Largo de São João. Foto: O MINHO

Capela das Pereiras. Foto: O MINHO

As Feiras Novas prolongam-se até segunda-feira, dia 09 de setembro. De acordo com a organização, são esperadas 500 mil pessoas naquela que se auto-intitula como vila mais antiga de Portugal.

Anúncio

Alto Minho

Máscaras e distanciamento na reabertura da feira de Ponte de Lima

Covid-19

em

Foto: dkixot / Até brilhas

A feira quinzenal de Ponte de Lima reabriu hoje com as normas de segurança, no âmbito da contenção da propagação de covid-19, a serem cumpridas por comerciantes e visitantes.

O uso de máscara é obrigatório, bem como o distanciamento social, que está a ser fiscalizado pela PSP.

Ao que O MINHO apurou, as normas estão a ser cumpridas e a feira a decorrer com normalidade, dentro do que é possível.

Foto: dkixot / Até brilhas

Foto: dkixot / Até brilhas

Foto: dkixot / Até brilhas

Foto: dkixot / Até brilhas

Foto: dkixot / Até brilhas

O município anunciou na sexta-feira a reabertura da feira no seguimento da “decisão da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, ao confirmar a retoma da atividade das feiras em todos os concelhos do distrito a partir do dia 25 de maio, após o Governo ter incluído este setor na 2.ª fase do plano de desconfinamento”.

A retoma das feiras está condicionada a um plano de contigência, disponível para consulta no site da câmara, com as seguintes regras: é obrigatório o uso de máscara pelos feirantes e consumidores, podendo ser substituída com o uso de viseira; os feirantes terão de ter, para disponibilização aos utentes, solução antisséptica de base alcoólica; manter uma distância mínima de dois metros entre as pessoas; o atendimento terá de ser efetuado de forma organizada, limitado a um consumidor de cada vez, respeitando as regras de higiene e segurança; assegurar-se que as pessoas permanecem no recinto da feira apenas o tempo estritamente necessário à aquisição dos bens.

A feira de antiguidades e velharias é retomada a 14 de junho e a feira de artesanato a 28 de junho, ambas na Avenida dos Plátanos.

Continuar a ler

Alto Minho

Ponte de Lima assume encargos no regresso às aulas dos alunos dos 11.º e 12.º anos

Transporte escolar

em

Foto: Divulgação

O Município de Ponte de Lima assumiu todos os encargos e reorganizou toda a rede de transportes escolares, para os alunos neste enquadramento, que frequentam o ensino regular, e dispunham de passe, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a autarquia explica que “todo este trabalho de concertação [serve] para dar uma resposta eficaz a esta nova realidade”.

“Foi conseguido, através da articulação com as Juntas de Freguesia do concelho, que têm mostrado uma disponibilidade inequívoca, neste plano conjunto no combate à pandemia no momento de regresso paulatino às atividades regulares de um novo quotidiano”, acrescenta a nota.

No seguimento das novas orientações do Ministério da Educação, para o regresso às aulas presenciais dos alunos dos 11.º e 12.º anos, nas disciplinas que têm exame nacional, as escolas secundárias do concelho de Ponte de Lima, foram desinfetadas numa ação implementada pelos militares do regimento de Cavalaria nº 6 de Braga.

Continuar a ler

Alto Minho

Feira de Ponte de Lima regressa na segunda-feira

Desconfinamento

em

Foto: Divulgação / CM Ponte de Lima

A feira quinzenal de Ponte de Lima reabre na próxima segunda-feira, anunciou hoje a autarquia.

A feira de antiguidades e velharias é retomada a 14 de junho e a feira de artesanato a 28 de junho, ambas na Avenida dos Plátanos.

A decisão da autarquia surge no seguimento da “decisão da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, ao confirmar a retoma da atividade das feiras em todos os concelhos do distrito a partir do dia 25 de maio, após o Governo ter incluído este setor na 2.ª fase do plano de desconfinamento”, refere nota de imprensa enviada às redações.


A retoma das feiras está condicionada a um plano de contigência, disponível para consulta no site da câmara, com as seguintes regras: é obrigatório o uso de máscara pelos feirantes e consumidores, podendo ser substituída com o uso de viseira; os feirantes terão de ter, para disponibilização aos utentes, solução antisséptica de base alcoólica; manter uma distância mínima de dois metros entre as pessoas; o atendimento terá de ser efetuado de forma organizada, limitado a um consumidor de cada vez, respeitando as regras de higiene e segurança; assegurar-se que as pessoas permanecem no recinto da feira apenas o tempo estritamente necessário à aquisição dos bens.

A reabertura das feiras, avisa o município limiano, ” será avaliada de acordo com o desenrolar da situação e de acordo com as orientações emanadas pela DGS e pelo Governo”.

Continuar a ler

Populares