Seguir o O MINHO

Braga

Ação social de Vila Verde apoiou 110 famílias, aviou receitas e comprou medicamentos para idosos

Covid-19

em

Foto: Ilustrativa / Arquivo

O Serviço de Ação Social do Município de Vila Verde apoiou 110 famílias, abrangendo 252 pessoas, com entrega de bens alimentares, e foi às farmácias aviar receitas médicas e medicamentos para pessoas idosas e doentes crónicos.

A vereadora da Ação Social, Júlia Fernandes, anunciou que “foram já entregues aos idosos centenas de receitas médicas, tendo os presidentes de Junta um papel fundamental em fazer chegar as receitas e, em caso de necessidade, os medicamentos de que precisam”.

“Quando estes cidadãos não têm recursos, o município compra os medicamentos”, anotou, em jeito de balanço.

O Serviço – acrescentou – acompanhou 474 casos de pedidos de ajuda através da linha telefónica de apoio social, criada para responder às pessoas em situação de necessidade, através da aquisição de alimentos e medicamentos, atuando em articulação com os serviços de saúde para apoio médico e psicológico. Esta linha permanente, “superou situações de limitação ou incapacidade da linha Saúde 24, centros de saúde e segurança social, que em virtude do aumento de chamadas, não conseguiam atendê-las”.

A autarquia garantiu, ainda, o acompanhamento dos idosos isolados, integrados no Projeto Idade Maior (sem retaguarda familiar e sem redes de vizinhança), em concertação com a Cruz Vermelha (Centro Comunitário de Prado) e a GNR.

Monitorizou os Seniores Ativos (cerca de 500) com a intervenção dos professores de Educação Física integrados no projeto que os acompanham e lhes fornecem exercícios para se manterem fisicamente ativos.

Entregou material de proteção individual (máscaras, luvas e gel desinfetante) às IPSS , ao Centro de Saúde e aos Bombeiros Voluntários.

Entrega de fruta

Participou com o Banco Alimentar contra a Fome de Braga numa iniciativa de recolha e entrega de fruta às IPSS e assegurou alojamentos locais para os profissionais essenciais e para possíveis casos de pessoas que necessitem de isolamento.

A estas iniciativas acresce que os Agrupamentos de Escolas garantem acolhimento, em caso de necessidade, aos filhos de funcionários de saúde e de outras profissões mobilizadas para o combate à pandemia.

O Agrupamento de Vila Verde tem centralizado na EB 2 e 3 as refeições para os alunos de Escalão A, estando neste momento a ser fornecidas seis refeições diárias a crianças de famílias referenciadas.

EM FOCO

Populares