Seguir o O MINHO

Ave

Acampar junto à “casa mais estranha do mundo”, em Fafe, para conhecer o céu noturno

Oficina de astrofotografia em Fafe durante a madrugada

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO (Arquivo)

A Via Láctea  ou as constelações de Escorpião e de Cisne, ou o Triângulo de Verão, planetas, galáxias, nebulosas e estrelas duplas, são alguns dos astros (ou conjuntos de astros) que vai poder fotografar no próximo dia 04 de junho, a partir da Casa do Penedo, em Fafe, em oficinas de Astronomia e Astrofotografia promovidas por Miguel Ventura, num final de tarde, noite, e início de manhã onde se poderá ‘viajar’ pelos céus, tudo à volta de convívio com tendas, durante a madrugada.

O astrofotógrafo, residente em Guimarães – e que em dezembro de 2021 captou o cometa Leonard a partir da Serra do Viso, em Celorico de Basto -, explica que este workshop surge não só para fotografar astros e conhecer a Casa do Penedo, como em outras edições, mas também para ouvir ‘estórias’ contadas por quem conhece bem o céu, ou seja, um astrónomo, que irá acompanhar e explicar detalhes sobre os planetas e as estrelas conforme a terra vai girando (e a manhã chegando).

E, para isso, nada melhor do que um céu noturno com pouco ruído luminoso, como é o caso da Serra de Fafe, um dos “locais mais magníficos do Norte de Portugal”, de acordo com Miguel Ventura. No alto da serra, está a Casa do Penedo, considerada por várias publicações nacionais e internacionais como sendo a “casa mais estranha do mundo”.

O astrofotógrafo é já conhecido no meio depois de realizar alguns trabalhos e workshops na Citânia de Briteiros, em Guimarães, numa parceria com a Sociedade Martins Sarmento.

Miguel Ventura explica que o sábado começa com um jantar, a partir das 19:00, onde será possível assistir ao pôr-do-sol. Pelas 22:00, há uma visita à Casa do Penedo, seguindo-se a “iniciação ao céu noturno”, onde os participantes podem conhecer um pouco mais do que está lá por ‘cima’, em conjunto com um ‘passeio astronómico’, com a colaboração do astrónomo Pedro Borges, que fará “uma visita guiada” aos céus durante a madrugada.

Ao longo da madrugada, Miguel Ventura realiza as oficinas enquanto Pedro Borges irá falar de astros. Cada interessado deverá trazer uma máquina fotográfica DSLR com tripé, e as inscrições terminam em 02 de junho.

A inscrição individual é de 89 euros. Se forem duas pessoas a inscreverem-se juntas, fica por 140. Ambas modalidades incluem jantar, ceia e pequeno-almoço.

Mais informações através do email [email protected]

Nascido em Coimbra, Miguel Ventura vive em Guimarães desde 2011 e é astrofotógrafo desde 2014. Tem colaborado com a Sociedade Martins Sarmento através da elaboração de workshops de astrofotografia desde 2018. É também o astrofotógrafo oficial do Parque da Serra da Estrela e, em breve, deverá iniciar um projeto na Porta do Mezio, uma das entradas para o Parque Nacional da Peneda-Gerês, em Cabana Maior, Arcos de Valdevez.

EM FOCO

Populares