Seguir o O MINHO

Desporto

ABC bate FC Porto e conquista Supertaça de andebol

em

O ABC, detentor da Taça de Portugal, conquistou este domingo a sua sexta Supertaça de andebol, ao vencer o campeão nacional FC Porto por 26-24, na final da 20.ª edição da prova, disputada em Castelo Branco.

A formação comandada por Carlos Resende, que ao intervalo vencia por 12-11, igualou os portistas na liderança do ‘ranking’ de vitórias na competição.

 

[efsnotification type=”success” style=”” close=”false” ]Caso não consiga visualizar o vídeo, entre na página oficial de Facebook do ABC, clique em “Gosto” e tente novamente.[/efsnotification]

O Benfica (quatro troféus), o Sporting (três) e o Belenenses (um) arrebataram as restantes edições.

 

Anúncio

Desporto

Europeu de Voleibol feminino: Portugal estreia-se frente à vice-campeã mundial Itália

Europeu decorre em Lodz. Polónia

em

Foto: DR

A seleção portuguesa feminina de voleibol inicia na sexta-feira, frente à vice-campeã mundial Itália, em Lodz, na Polónia, a participação inédita na fase final de um campeonato da Europa.

A escassas horas de cumprir um sonho com várias dezenas de anos do voleibol feminino português, a seleção lusa mostra-se apostada em não desperdiçar esta excelente oportunidade de permanecer entre as melhores ao mais alto nível.

“Acredito que foi a primeira qualificação das muitas que lhe seguirão. O nosso percurso vai ser sempre difícil, mas só assim poderemos usufruir ao máximo das nossas conquistas e construir a nossa própria história”, afirmou a distribuidora Vanessa Rodrigues.

Em Lodz, na Polónia, onde está sediado o grupo B, Portugal começa por defrontar no Europeu de 2019 a Itália, vice-campeã mundial (sexta-feira), seguindo-se a Polónia (sábado), a Eslovénia (domingo), a Bélgica, sétima no ‘ranking’ da CEV (27 ago) e a Ucrânia (29 ago).

Os quatro primeiros classificados de cada um dos quatro grupos qualificam-se para os oitavos de final, sendo que os apurados do A irão defrontar os apurados do C, o mesmo se passando com os do B, que cruza com o D.

“Este feito é um marco no voleibol feminino português: ser a primeira vez que se conquistou a classificação para uma fase final de um campeonato da Europa. Em termos do impacto, espero que no futuro a aposta se mantenha”, disse a zona 4 Marta Hurst.

Pela primeira vez na história da prova, organizada de forma inédita por quatro países, participam 24 seleções, divididas por quatro grupos de seis equipas, sediados na Turquia (grupo A), Polónia (B), Hungria (C) e Eslováquia (D).

“A nossa mentalidade tem de ser sempre de evolução contínua e temos de ser sempre ambiciosos e querer sempre mais. Temos o nosso valor e, aliado a uma grande capacidade de trabalho, é possível estarmos regularmente nestas fases finais de europeus e mundiais”, acrescentou a líbero Joana Resende.

Composição dos grupos:

Grupo A (Ancara): Turquia, Sérvia – campeã em título -, Bulgária, França, Finlândia e Grécia.

Grupo B (Lodz): Polónia, Itália, Bélgica, Ucrânia, Portugal e Eslovénia.

Grupo C (Budapeste): Hungria, Holanda – vice-campeã em título -, Croácia, Azerbaijão, Roménia e Estónia.

Grupo D (Bratislava): Eslováquia, Rússia, Alemanha, Bielorrússia, Espanha e Suíça.

Convocadas de Portugal:

– Distribuidoras:

08.Vanessa Rodrigues (AVC Famalicão)

07.Eliane Durão (Castelo da Maia)

04.Beatriz Rodrigues (Sporting)

– Zonas 4:

10.Marta Hurst (Volley Hermanea Olbia, Ita)

17.Bárbara Gomes (AVC Famalicão)

18.Ana Vale (Ala Nun’Álvares de Gondomar)

03.Maria Reis Lopes (Ala Nun’Álvares de Gondomar)

– Centrais:

14.Aline Timm (AVC Famalicão)

02.Eduarda Duarte (Leixões)

01.Amanda Cavalcanti (Pedro E. Lobato)

06.Helena Monteiro (Castelo da Maia)

– Opostos:

15.Júlia Kavalenka (Bosco Cuneo, Ita)

09.Alice Clemente (Fátima)

16.Maria Maio (Belenenses)

– Líberos:

11.Joana Resende (Famalicão)

12.Beatriz Basto (Leixões)

Treinador: Francisco dos Santos

Treinador-adjunto: Rui Moreira

Scouter: Beatriz Santos

Fisioterapeuta: Mariana Maia.

Continuar a ler

Desporto

Golo vitorioso na estreia pela Palestina vale experiência no SC Braga

Yaser Hamed

em

Foto: DR

Nasceu há 21 anos no País Basco, em Espanha, mas é internacional pela seleção da Palestina, com quem conseguiu a vitória 12 anos depois da última registada pelos asiáticos em competições oficias.

O defesa polivalente Yaser Hamed joga no Portugalete, na terceira divisão espanhola, mas o golo da vitória e a boa exibição no jogo de estreia ao serviço da seleção palestiniana valeu-lhe um período de testes no Sporting Clube (SC) de Braga.

 

A equipa espanhola anunciou hoje esse período de testes de forma a desmentir uma notícia do jornal Mundo Deportivo que apontava a venda do jogador ao clube bracarense.

Em comunicado, o Portugalete informa que o jogador mantém o contrato com os espanhóis, está inscrito no campeonato que já iniciou, e que a vinda a Braga está inserida num pedido do SC Braga na sequência da vitória da Palestina frente ao Iémen, na West Asian Cup.

Os espanhóis não descartam uma possível negociação com os bracarenses, caso a equipa técnica fique agradada com a prestação nos treinos do defesa durante este período de testes.

Hamed começou a carreira na formação do Atlético de Bilbau. A mãe é basca e o pai emigrou da Palestina para Espanha há três décadas, primeiro para Madrid, e depois para Bilbau onde constituiu família.

Continuar a ler

Futebol

Bancada do estádio do Rio Ave permanece encerrada por tempo indeterminado

Estádio dos Arcos

em

Foto: Divulgação / Rio Ave FC

O Rio Ave, da I Liga portuguesa de futebol, informou hoje que a bancada nascente do seu estádio vai permanecer encerrada ao público por tempo indeterminado.

O emblema vila-condense esclareceu, através de um comunicado, que será feita “uma análise mais profunda ao relatório produzido pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), que, em 08 de agosto último, recomendou a não utilização da estrutura.

“Ao tomar conhecimento do relatório do ISEP, o Rio Ave optou, responsavelmente, pelo encerramento da bancada até que fossem aprofundadas as condições ou pormenores que resultariam de uma análise mais profunda”, pode ler-se no texto publicado no site do clube.

O relatório do ISEP apontava que “a normal utilização da bancada, na sua função de suportar ações provenientes da sobrecarga do público, está severamente comprometida”, recomendando a “suspensão da utilização da bancada para qualquer tipo de atividade que envolva a presença de público”.

“Porque a preservação e a segurança do valor da vida humana estão acima de qualquer outro interesse, o Rio Ave jamais colocou a hipótese de ignorar ou omitir este facto que lhe foi comunicado, ainda que não haja qualquer interdição de uso do espaço ou que este esteja em risco de ruína”, esclareceu o emblema vila-condense.

No mesmo comunicado, os vila-condenses explicaram os contornos que levaram ao adiamento do jogo da primeira jornada do campeonato, frente ao Vitória de Guimarães, dizendo que acataram uma recomendação da PSP, que temia “a existência de tumultos entre os adeptos visitantes”.

Isto porque, para esse jogo, já tinham sido vendidos cerca de 2.500 bilhetes para os adeptos vimaranenses, mas, com a solução de usar apenas a bancada poente do recinto, a lotação para os visitantes teria de ser limitada a apenas 900 lugares.

“Surgiu da parte das forças de segurança (PSP) a informação de que não estariam reunidas as condições de segurança adequadas para a realização do evento. A justificação apresentada baseava-se no receio de reação tumultuosa dos adeptos visitantes que iriam ficar sem os ingressos ou impedidos de o adquirir, dado que teria de haver uma redução para 900 lugares”, explicou o Rio Ave.

Os vila-condenses acrescentaram que, dado que “qualquer problema de ordem publica ou segurança que viesse a ocorrer seria da responsabilidade do Rio Ave, promotor do evento, não haveria outra solução senão aceitar a nova calendarização do jogo, ainda que esta solução não fosse ao encontro do interesse desportivo ou da solução que seria a ideal”.

Segundo disse à Agência Lusa fonte do clube, até que seja encontrada uma solução para a bancada nascente, o público será encaminhado para a bancada poente, que tem uma capacidade para cerca de 5.000 pessoas, sendo que um mínimo de 5% da lotação será destinado aos adeptos dos clubes visitantes.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares