Seguir o O MINHO

Famalicão

Associação de Famalicão associa-se à UNESCO para promover arte

Protocolo foi assinado segunda-feira.

em

Foto: Divulgação

A associação “Casa ao Lado”, em Vila Nova de Famalicão”, vai albergar um centro artístico da UNESCO. O protocolo foi assinado na segunda-feira, comprometendo-se aquela associação a colaborar com as instituições locais, regionais e internacionais em iniciativas no domínio das artes que partilhem os ideais da UNESCO.

“A missão d’A Casa Ao Lado passa pelo apoio ao desenvolvimento das capacidades técnicas ligadas às artes junto de públicos de diversas faixas etárias, com especial enfoque em grupos em situação de maior vulnerabilidade social. A inclusão social que promovemos através da arte, roteiros culturais, visitas de estudo culturais e intervenções urbanas enquadra-se nos ideais defendidos pela UNESCO e está na base do interesse de ambas as instituições em reforçarem o seu relacionamento”, explica Ricardo Miranda, diretor artístico de “A Casa Ao Lado”, citado no site da Comissão Nacional da UNESCO.

“O Clube UNESCO – A Casa Ao Lado vai constituir-se como parceiro da comunidade educativa na promoção da educação para todos, visando a plena inserção dos jovens na vida da comunidade, contribuindo assim para o desenvolvimento da região, tendo sempre em atenção os princípios e valores da UNESCO”, reforça Anna-Paula Ormeche, coordenadora da rede de Clubes UNESCO, sublinhando que “os projetos d’A Casa Ao Lado representam um contributo importante na promoção do equilíbrio social e do exercício de uma cidadania mais consciente e participativa”.

“A Casa ao Lado”, criada em 2005, afirma-se como associação que “procura o envolvimento em projetos que, partindo de uma educação/formação artística de base, [que] permitam assegurar o cunho artístico interventivo nas comunidades, consagrando a sua marca e primando pela autenticidade”, conforme apresentação disponível no seu site na Internet.

Populares