“A bola estava meio metro dentro da baliza”

Fernando Santos

Fernando Santos não escondeu a revolta pelo golo anulado a Cristiano Ronaldo nos segundos finais do encontro que ditou o empate da seleção portuguesa na Sérvia, em jogo a contar para o apuramento para o Mundial2022.

“Fizemos um golo que não valeu. Fizemos um golo. A bola estava mais de meio metro dentro da baliza. O resultado justo era com um golo que não foi considerado e estava mais de meio metro. Claro que isso não elimina o que não fizemos bem ou podíamos ter feito melhor, mas num jogo deste nível, ter um lance destes, não é possível em futebol”, lamentou o técnico na flash interview.

Já na conferência de imprensa, revelou que o árbitro lhe pediu desculpa, mas que isso “não resolve o problema”.

Portugal empata na Sérvia (e Ronaldo zanga-se com golo anulado)

Sobre a atitude de Cristiano Ronaldo em atirar a braçadeira de capitão para o chão, Fernando Santos desvalorizou, dizendo que é normal o jogador estar revoltado com o que se passou.

“Não tem explicação, não se encontra, até porque estávamos preparados para aquilo que a Sérvia ia fazer. Sabíamos que iam jogar da forma como jogaram na primeira parte, mas que podiam alterar”, disse.

“Sofremos um golo nos primeiros segundos, isso levantou a Sérvia, que cresceu e nós tivemos um período no qual não estivemos ao nível da primeira parte. Reagimos bem depois do 2-2, controlámos o jogo e a Sérvia deixou de ter chances”.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Portugal empata na Sérvia (e Ronaldo zanga-se com golo anulado)

Próximo Artigo

Iniciativa Liberal aprova candidatura própria às autárquicas em Braga e Viana

Artigos Relacionados
x