Seguir o O MINHO

Alto Minho

7ª edição do Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia” já chegou a Valença

em

Valença vai receber, a partir desta sexta-feira e até ao próximo domingo, em São Pedro da Torre, a 7ª edição do Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia”.

Lampreia à Bordalesa, Arroz de Lampreia, Fumada/Grelhada, Assada no Forno, Recheada ou o prato dos cinco sabores, são as cinco variedades de lampreia que vão ser apresentadas, ao longo destes três dias, pela comunidade de pescadores de São Pedro da Torre. Cada dose tem um valor de 10 euros.

Como prato alternativo, os visitantes vão encontrar os tradicionais Rojões. Para acompanhamento, será servido Caldo Verde, vinhos verdes da região e sobremesas típicas.

O curso de hotelaria da EPRAMI também irá marcar presença na iniciativa com a preparação de uma degustação de lampreia em Sushi, Empanada, Gressinos e Escabeche de lampreia com framboesas.

O certame contará ainda com uma área dedicada à doçaria regional, aos vinhos e licores, à exposição de instituições locais e regionais e a animação musical popular.

‘Sabores da Lampreia’ é, de acordo com o município de Valença, uma genuína festa gastronómica valenciana, que se tem afirmado, de ano para ano, como o “maior evento gastronómico da região dedicado à lampreia”.

“A melhor lampreia do mundo, pescada artesanalmente no Minho e confecionada por cozinheiros especializados vai-se apresentar, no Festival Gastronómico, genuína, revelando todos os segredos ancestrais dos seus sabores”, descreveu a autarquia, em comunicado, convidando os amantes desta iguaria a visitar a cidade e “deliciar-se com estes manjares, numa experiência gustativa pelos sabores mais genuínos desta região raiana”.

A 7ª edição do Festival Gastronómico “Sabores da Lampreia” é uma iniciativa da Câmara de Valença, Junta de São Pedro da Torre, da Associação Sabores do Rio Minho e da Comissão de Festas de São Pedro da Torre.

festival lampreia valenca programa

Valença tem duas comunidades de pescadores secularmente ligadas ao rio Minho e à pesca da lampreia, São Pedro da Torre e Cristelo Côvo, onde as redadas, proporcionam as lampreias que marcam esta temporada gastronómica.

Pescadas nas últimas semanas, têm estado a ser apuradas em tanques da Associação Sabores do Rio Minho, em água corrente. A técnica é antiquíssima e conhecida por “bater a lampreia”, um modo que enrije-se a sua carne, o que permitirá, aquando da sua confeção, pratos de excelência.

logo Facebook Fique a par das Notícias de Valença. Siga O MINHO no Facebook. Clique aqui

Populares