700 mil euros para ampliar ponte que liga Monção e Galiza

Eurocidades

Um investimento superior a 700 mil euros, a dividir pelas Câmaras de Monção, no Alto Minho, e Salvaterra do Miño, na Galiza, vai recuperar e ampliar a ponte que há 25 anos liga os dois municípios unidos numa eurocidade.

Em comunicado hoje enviado, a câmara portuguesa informou que “os dois países, através da Infraestruturas de Portugal e Infraestruturas e Mobilidade da Junta da Galiza, acertaram a partilha do investimento em partes iguais, tendo sido iniciado o processo para a efetivação de um convénio internacional”.

Segundo a autarquia do distrito de Viana do Castelo, liderada pelo social-democrata António Barbosa, o “trabalho técnico já efetuado estima que os trabalhos de requalificação estrutural ascendam a 700 mil euros, cujo financiamento será repartido pelos dois países”.

“Paralelamente, será projetada a ampliação da travessia, incluindo tabuleiro para bicicletas, unindo as ecopistas existentes nas duas margens”, acrescenta a nota.

Segundo os últimos dados avançados pela autarquia, “a ponte é atravessada, diariamente, por mais de nove mil veículos”.

A requalificação e ampliação da Ponte Internacional Monção – Salvaterra de Miño foi analisada numa reunião, na segunda-feira, que juntou, no Porto, o vice-presidente da Infraestruturas de Portugal, José Serrano Gordo, e a Conselheira de Infraestruturas e Mobilidade da Junta da Galiza, Ethel Vazquez.

No encontro, participaram ainda o diretor da Agência Galega de Infraestruturas, Francisco Menéndez, o presidente da Câmara Municipal de Monção, António Barbosa, e a alcaldesa de Salvaterra de Miño, Marta Valcárcel.

“O resultado foi extremamente positivo, ficando decidido iniciar-se o processo para a efetivação de um convénio internacional direcionado para a requalificação e ampliação da ponte internacional sobre o rio Minho, incorporando-se um tabuleiro para bicicletas”, sustenta a nota.

Para António Barbosa, citado no comunicado, “assistiu-se a uma convergência de opiniões entre os responsáveis dos dois organismos” que registou “com enorme agrado”.

“A intervenção é absolutamente necessária, dada a acentuada afluência de veículos nos dois sentidos. O alargamento garante maior segurança aos ciclistas e potencia as vias verdes existentes nas duas localidades que, desta forma, passam a ficar unidas”, reforçou o autarca.

A ponte internacional Monção – Salvaterra de Miño, batizada com os nomes dos poetas João Verde e Amador Saavedra, foi inaugurada no dia 29 de março de 1995, comemorando, no próximo ano, os 25 anos.

Além daquela ponte, há mais quatro travessias sobre o rio Minho a ligar o concelho do distrito de Viana do Castelo à Galiza e naquela eurorregião estão constituídas, além da eurocidade Monção/Salvaterra do Miño, criada em 2017, mais duas, entre Valença e Tui, que formaram a primeira em 2012, e no ano passado avançaram os concelhos de Vila Nova de Cerveira e Tomiño.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

PS e PAN "com divergências" mas dispostos a entendimento nos próximos quatro anos

Próximo Artigo

Capitania de Viana “atenta” a caso de pescadores indonésios alojados em armazéns

Artigos Relacionados
x