Seguir o O MINHO

Guimarães

400 alunos apresentam em Guimarães concerto trabalhado ao longo do ano lectivo

Projeto de canto participativo para alunos em idade escolar entre os 8 e os 13 anos

em

Foto: DR

Chama-se Cantania e é um projeto de canto participativo para alunos em idade escolar, entre os 8 e os 13 anos, que, ao longo do ano letivo, ensaiam canções, coreografias e preparam adereços com a ajuda dos professores na sala de aula.

Em Guimarães, o Cantania começou a ser implementado no ano de 2017, sendo que este ano vai completar a sua 3ª edição com o concerto “A DE BROSSA”.

O espectáculo está marcado para hoje, às 11:30 e às 17:30, no Grande auditório do Centro Cultural Vila Flor, e conta com a participação de 17 escolas e com cerca de 400 alunos do 1º e 2º ciclos.

Joan de Brossa, o poeta plástico, importante representante das letras catalãs do século XX, deixou uma obra valiosa que abarcava a literatura, o cinema, a escultura, a pintura e o teatro.

Sempre presente na sua obra, a poesia (que nas suas palavras “existe em todas as coisas, como a eletricidade”), convida à busca da beleza, ao jogo e a um olhar crítico sobre o mundo que nos rodeia.

Blanca e Bruna, duas amigas que se encontram fechadas numa biblioteca durante um fim de semana, são levadas a descobrir o universo da magia, do jogo e das palavras do poeta e, através deles, à descoberta de um novo olhar poético sobre si próprias e sobre a vida.

O Cantania foi concebido e é produzido pelo serviço educativo do L’Auditori de Barcelona. Em 2016 cumpriu 27 anos de existência. Nos últimos anos, o projeto tem-se estendido de Barcelona ao resto da Catalunha, Madrid, Valladolid, Sevilha, Salamanca, Zaragoza, Alcanyís, Caracas, México D.C, Mainz, Bremen e Bruxelas.

A entrada é livre e condicionada à lotação do espaço.

Populares