Seguir o O MINHO

País

157 guardas-provisórios da GNR juraram bandeira

GNR

em

Foto: GNR / Divulgação

157 guardas-provisórios – 139 homens e 18 mulheres – juraram bandeira perante o estandarte nacional na Cerimónia do Juramento de Bandeira do 45.º Curso de Formação de Guardas.

A cerimónia foi presidida pelo comandante-geral da Guarda Nacional Republicana (GNR), tenente-general Rui Clero, no.Centro de Formação da Figueira da Foz.

Em comunicado, a GNR explica que o juramento de bandeira “representa o compromisso solene dos guardas-provisórios para com a Pátria, constituindo uma data muito importante na vida de qualquer militar”.

“Trata-se de uma cerimónia em que os militares se comprometem a cumprir a constituição, as demais leis da República, bem como todo os deveres militares, ao serviço da Guarda Nacional Republicana, jurando defender a pátria, mesmo com o sacrifício da própria vida”, pode ler-se.

Populares