Seguir o O MINHO

Póvoa de Lanhoso

150 pessoas vão ter medicamentos comparticipados na Póvoa de Lanhoso

15 mil euros por mês

em

Foto: CM Póvoa de Lanhoso

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e a associação Dignitude formalizaram um protocolo no âmbito do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, que visa a comparticipação de medicamentos para famílias carenciadas. Em abril, as primeiras pessoas serão beneficiadas com este apoio.

Os benefícios concedidos ao abrigo deste Programa abrangem exclusivamente os medicamentos, quando prescritos em receita médica e comparticipados pelo SNS.

“Vamos acabar com a situação de pessoas não terem dinheiro suficiente para comprarem a medicação de que necessitam”, assegurou o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva. “Este programa, que se vem juntar a outros que temos, é essencial para a Póvoa de Lanhoso”, destacou ainda.

Para já, serão abrangidas 150 pessoas, com a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso a destinar uma verba de 15 mil euros para este apoio, valor que, acredita Avelino Silva, será reforçado.

Os serviços da autarquia farão a referenciação das pessoas que podem vir a beneficiar deste apoio. Cumprindo os requisitos do regulamento respetivo, estas receberão um cartão para ser utilizado nas farmácias aderentes, identificadas com um dístico, de forma anónima e sem exposição da sua condição social e financeira.

Este Programa vem ainda dar reposta a um compromisso assumido desde o início do mandato por Avelino Silva.

“Percebemos que era necessário alargar esta resposta a toda a população e não apenas aos idosos. Há crianças, pessoas de maior idade, jovens que também precisam deste apoio”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal.

“No âmbito de concelhos de baixa densidade, talvez a Póvoa de Lanhoso seja o concelho que está mais atento aos problemas da área social. Este programa vem reforçar as nossas respostas, na área social, assim como virá reforçar, em setembro, outra medida que vamos implementar que é o apoio no pagamento das creches”, relembrou o autarca Povoense.

Anúncio

Póvoa de Lanhoso

PSD condenado por adaptar “Despacito” na campanha eleitoral de 2017 na Póvoa de Lanhoso

Tribunal já recusou os argumentos do partido

em

Foto: DR/Arquivo

O PSD foi condenado em 10 mil euros pelo uso indevido do tema “Despacito”, do cantor porto-riquenho Luis Fonsi, na campanha eleitoral da candidatura de Avelino Silva na Póvoa de Lanhoso de 2017.

O PS de Vila Pouca de Aguiar também recebeu a mesma condenação. Os partidos vão pagar um total de 20 mil euros à Sociedade Portuguesa de Autores.

Os dois partidos tentaram descartar responsabilidade por serem candidaturas municipais, no entanto, as decisões do Tribunal da Propriedade Intelectual e o Tribunal da Relação de Lisboa recusaram os argumentos.

Segunda a TSF, o PSD respondeu que a estratégia de campanha é definida a nível local e que até chamou a atenção dos responsáveis concelhios para a “necessidade do escrupuloso cumprimento do regime de direitos de autor”.

Continuar a ler

Póvoa de Lanhoso

Castelo de Lanhoso recebeu “escape room”

No âmbito da comemoração do Dia Nacional dos Castelos

em

Foto: Divulgação/CM Póvoa de Lanhoso

A primeira edição do escape room no Castelo de Lanhoso decorreu na noite de sábado, 5 de outubro. Dar a conhecer o ex libris da Póvoa de Lanhoso de uma forma inovadora e desafiadora foram alguns dos objetivos desta iniciativa promovida pela Câmara Municipal, no âmbito da comemoração do Dia Nacional dos Castelos (7 de outubro).

Foto: Divulgação/CM Póvoa de Lanhoso

Foto: Divulgação/CM Póvoa de Lanhoso

A vencedora foi Teresa Pinheiro e a sua equipa, com o tempo final de 22 minutos e 45 segundos. Nesta primeira edição, participaram 44 pessoas, de várias nacionalidades e de várias zonas do norte do país, que apreciaram bastante a atividade, que aguardam por outras sessões e que elogiaram a forma diferente de conhecer o Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso, através da resolução de pequenos enigmas, da atenção aos pormenores e do trabalho em equipa.

Para sair do topo da Torre de Menagem as pessoas participantes contaram com a ajuda dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso. As próximas edições estão marcadas para os dias 22 e 23 de novembro, mas as vagas já estão todas preenchidas.

Continuar a ler

Braga

Incêndio que deflagrou em Póvoa de Lanhoso em fase de rescaldo

Em Vilela

em

Foto: DR / Arquivo

O incêndio que deflagrou pelas 16:24 de hoje em Vilela, Póvoa de Lanhoso, está em fase de rescaldo, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Braga.

Segundo a fonte, o incêndio está dominado e entrou em fase de rescaldo cerca das 19:45.

A fonte acrescentou que não chegou a haver habitações em risco.

No teatro das operações, e segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, estão 136 operacionais, apoiados por 38 viaturas.

Continuar a ler

Populares