Redes Sociais

Viana acolhe primeira mostra temática com o “melhor” do Alto Minho

Alto Minho

Viana acolhe primeira mostra temática com o “melhor” do Alto Minho

Mais de 30 expositores dos dez concelhos do Alto Minho vão mostrar, durante três dias, em Viana do Castelo, “o que de melhor se faz” na região, desde o fumeiro aos doces, aos produtos do mar e ao empreendedorismo.

“Esta será a maior promoção do Alto Minho alguma vez feita na região, de forma integrada e em conjunto com todos os municípios”, sublinhou hoje o presidente Confederação Empresarial do Alto Minho (CEVAL), Luís Ceia.

O responsável falava em conferência de imprensa, realizada na Câmara de Viana do Castelo, para apresentação da primeira mostra temática do género realizada no distrito, intitulada “100% Alto Minho“.

O certame vai decorrer de 29 a 31 de maio, com o objetivo de “dar a conhecer os produtos endógenos, mas também os serviços da região, promovendo as suas potencialidades, enquanto marca prestigiada e de qualidade”.

“Estamos a criar uma marca para ser reconhecida primeiro no Alto Minho mas estamos também a criar uma marca para que seja reconhecida a nível nacional e internacional, com destaque para a vizinha Galiza”, adiantou Luís Ceia.

Além da CEVAL o certame é ainda organizado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), e pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, com o apoio de fundos do Programa Operacional Regional do Norte (ON2).

Para o presidente da Câmara de Viana do Castelo, e líder da CIM do Alto Minho, José Maria Costa, esta mostra representa “uma oportunidade de negócios” para a região.

“Identificámos os ativos da região, com produtos de elevada excelência e queremos dar-lhes um rótulo e uma marca própria, afirmando o nosso território, o Alto Minho”, sublinhou.

Além dos expositores, nos mais de mil metros quadrados do Centro Cultural de Viana do Castelo vão estar representados, em oito ‘stands’, os dez municípios do distrito, a marca anfitriã e a Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte (ERTPN).

A marca “100 por cento Alto Minho” foi lançada pela CEVAL em 2012, com o apoio da CIM do Alto Minho, e da Comissão de Desenvolvimento Regional do Norte (CCDRN), para valorização dos recursos e potencialidades endógenas da região.

Nesta altura, já inclui mais de uma centena de empresas aderentes, nos setores agroalimentar, artesanato e comércio tradicional.

Com duas tonalidades, azul e verde, o selo “100 por Alto Minho”, “pretende ser um passaporte de divulgação do património histórico, dos recursos naturais e, do que melhor se produz nos dez concelhos da região”.

O evento vai ainda contar com a presença, no primeiro dia, da Expourense, entidade responsável pela feira de exposições de Ourense, constituída por várias entidades da Galiza, com uma delegação composta por representantes institucionais e empresariais, e meios de comunicação da Galiza.

O programa da mostra incluirá também sessões de trabalho, ‘workshops’, e animação garantida por cada um dos dez concelhos da região.

Clique para comentar

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais Alto Minho